De caiaque pelo rio Reno | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 09.10.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

NOTÍCIAS

De caiaque pelo rio Reno

Enquanto remam, voluntários aproveitam para limpar rios da Alemanha. Saiba o que mais vai ser tema do Futurando.

Esta edição do Futurando mostra o trabalho de um designer fotográfico que há sete anos está recolhendo lixo nas águas do rio Reno, na Alemanha. No começo, os passeios de Stephan Horch eram só recreativos. Mas ele percebeu com rapidez a quantidade imensa de resíduos boiando e passou a registrar o que retirava das águas. Os registros acabaram mobilizando voluntários, que agora se juntam a Stephan para fazer verdadeiras faxinas aquáticas.

E uma ideia que surgiu na Dinamarca vai além. Empresas parceiras da iniciativa Green Kayak disponibilizam caiaques para que os remadores ajudem a recolher lixo na superfície das águas. Em troca, os participantes podem passear de graça.

Apesar de ser importante que rios estejam limpos, no caso do Reno, a água dele não vai diretamente para o consumo. Antes, ela passa por um tratamento para retirar impurezas liberadas pelas indústrias. E essencial também, em tempos de mudanças climáticas, é garantir os níveis de reservatórios de águas subterrâneas. Você vai entender por que essas águas são fundamentais e como elas beneficiam agricultores.

Conversamos sobre esse assunto com Carlos Motta, especialista em recursos hídricos da Agência Nacional de Águas (ANA), que explicou como é o abastecimento e reaproveitamento de águas no Brasil. Você confere a entrevista completa no programa desta semana.

Vamos exibir ainda a penúltima reportagem da nossa série sobre os 250 anos de nascimento de Alexander von Humboldt, o naturalista e explorador alemão que percorreu durante anos a América Latina. Mais de dois séculos atrás, Humbolt explorou 2.500 quilômetros da bacia do rio Orinoco, que hoje corta Venezuela e Colômbia. Um ecossistema rico em espécies.

O programa

O Futurando traz novidades sobre ciência, meio ambiente e tecnologia e é produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha.

O programa é exibido, no Brasil, pelo Canal Futura às terças-feiras, às 22h30 com reprise às quartas 16h30, quintas, sábados e segundas; pela Rede Minas aos sábados, às 14h30, com reprise às sextas-feiras, às 13h30; pela TV Brasil todas as terças, às 21h45, com reprise às quintas, às 3h15; pela TV Cultura as segundas-feiras às 19h15; pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40 e pela TV Climatempo aos sábados às 9h30, com reprise às terças e aos domingos. Você também pode ver vídeos do programa no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

O Futurando é transmitido ainda em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.