BCE anuncia fim da nota de 500 euros | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 04.05.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

BCE anuncia fim da nota de 500 euros

Banco Central Europeu deixará de produzir cédulas de 500 euros em 2018, numa tentativa de reduzir atividades ilegais. As notas já em circulação, no entanto, poderão ser usadas por tempo indeterminado.

Há cerca de 600 milhões de cédulas de 500 euros em circulação atualmente.

Há cerca de 600 milhões de cédulas de 500 euros em circulação atualmente

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu nesta quarta-feira (04/05) que deixará de produzir a nota de 500 euros. As cédulas, de maior valor nominal da zona do euro, serão tiradas de circulação em pouco mais de dois anos, mas permanecerão legais por tempo indeterminado.

"A impressão das notas de 500 euros será interrompida no final de 2018, quando as notas de 100 e 200 euros da série Europa devem ser introduzidas", afirmou o BCE em comunicado. "Os outros valores – de 5 a 200 euros – permanecerão em circulação."

"Tendo em vista o papel internacional do euro e a confiança generalizada de suas notas, a cédula de 500 euros continuará legalmente em curso, podendo, portanto, ser utilizada como meio de pagamento e de reserva de valor", acrescentou o Banco Central.

O órgão destacou ainda que tomará medidas, junto aos bancos centrais nacionais da zona do euro, para garantir que as restantes notas estejam disponíveis em quantidades suficientes. Atualmente, há cerca de 600 milhões de cédulas de 500 euros em circulação.

De acordo com o órgão, que tem sede na cidade alemã de Frankfurt, a decisão de "parar permanentemente de produzir a nota de 500 euros" levou em conta "as preocupações de que esta cédula poderia facilitar atividades ilegais".

Notas de tão alto valor são frequentemente associadas à lavagem de dinheiro, a ações ilícitas e ao mercado negro. Dessa forma, acredita-se que, com o fim da produção, atividades como o financiamento do terrorismo podem ser reduzidas.

As notas de 500 libras foram eliminadas no Reino Unido em 2010, enquanto as notas de mil dólares foram abolidas no Canadá há uma década. Nos Estados Unidos e no Brasil, a nota de maior valor nominal é de 100 dólares e 100 reais, respectivamente.

EK/dpa/efe/lusa

Leia mais