Alemanices: Água com gás, bitte! | Colunas semanais da DW Brasil | DW | 04.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Colunas

Alemanices: Água com gás, bitte!

No país onde o mais comum é beber água gaseificada, é preciso se preparar para evitar surpresas em restaurantes e supermercados. Sucos e vinho em versão gasosa também são populares na Alemanha.

copo de água com gás

Na Alemanha, a água mineral é vendida com diferentes quantidades de ácido carbônico

Para um recém-chegado à Alemanha, é difícil entender por que a água do restaurante vem sempre com gás. No supermercado, a confusão é ainda maior – a garrafa de água azul com a descrição natürliches Mineralwasser (água mineral natural) também vem com bolhas de gás.

O motivo é que, por aqui, água mineral é quase sinônimo de água gaseificada. De acordo com a Central de Informação sobre a Água Mineral Alemã (IDM), a água mineral com gás é a bebida preferida dos alemães. Por ano, cada habitante bebe 143 litros do líquido. O gás conserva o sabor original da água, mata bactérias e dá uma sensação refrescante.

Nos supermercados, há três tipos de água engarrafada, que ganham diferentes nomes de acordo com a quantidade de Kohlensäure (ácido carbônico): still, medium e classic. Sabendo diferenciar, você não vai mais precisar agitar as garrafas para saber qual é o tipo certo que quer comprar.

A água gasosa classic contém cerca de sete gramas de ácido carbônico por litro (H2CO3) – formado quando se dilui o gás carbônico (CO2) em água. Então, se você não gosta das bolhinhas, deixe essa opção de lado. A descrição "com gás" – mit Kohlensäure – geralmente aparece embaixo da descrição natürliches Mineralwasser.

A medium é um pouco mais leve e tem de quatro a seis gramas de H2CO3 por litro. Já a still, que geralmente vem em embalagens vermelhas, é a água natural, ou seja, possui menos de um grama de ácido carbônico.

No restaurante, é sempre preciso avisar que você quer a água sem gás (stilles Wasser), caso contrário, sempre irão trazer a gaseificada. Outra opção é pedir a Leitungswasser, a água da torneira, que na Alemanha é limpa e segura. Em casa, muitas pessoas optam por ter um gaseificador. Em vez de comprar garrafas no supermercado, basta gaseificar a água que vem da torneira.

Na Alemanha, há 500 tipos de água mineral. Essa variedade única no mundo se deve às constantes chuvas e à diversidade geológica, que fazem o país ser rico em fontes minerais. Para ser classificado e vendido como água mineral, o produto precisa passar por mais de 200 testes, que cobrem as propriedades físicas e biológicas e higiene. A água é engarrafada já no local onde foi extraída.

Os critérios para garantir a pureza e a qualidade naturais da água são detalhados por lei na Regulamentação da Água Mineral e Engarrafada (MTVO). As embalagens devem indicar a origem da água e os componentes minerais e explicar se o produto é adequado para uso em papinhas de bebê.

Os alemães gostam de bolinhas refrescantes não apenas na água. O Apfelschorle – uma mistura de água com gás e suco de maçã – é uma das bebidas mais populares na Alemanha. Outros sucos também são misturados com água com gás. No verão, o vinho também ganha uma versão refrescante, o Weinschorle. Em restaurantes, é comum que clientes peçam vinho branco e uma garrafa de água com gás para fazer a própria mistura.

Na coluna Alemanices, publicada às sextas-feiras, Karina Gomes escreve crônicas sobre os hábitos alemães, com os quais ainda tenta se acostumar. A repórter da DW Brasil e DW África tem prêmios jornalísticos em direitos humanos e sustentabilidade e vive há quatro anos na Alemanha.

Leia mais