Alemanha pode ter um dos anos mais secos de sua história | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 19.10.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Alemanha

Alemanha pode ter um dos anos mais secos de sua história

Escassez de chuvas e altas temperaturas nos últimos meses fizeram com que rios e lagos recuassem para níveis recordes. Estiagem pode ser uma das cinco mais intensas no país de que se tem registro.

Navio cargueiro em trânsito no rio Reno, num nível baixo de água

Com o nível de água baixo no rio Reno, embarcações cargueiras não podem trafegar com capacidade completa

O ano de 2018 pode vir a ser um dos cinco mais secos na Alemanha desde o início dos registros, em 1884, alertam meteorologistas. Atualmente, cerca de 70% doo território alemão sentem os efeitos de uma estiagem extrema, afirmou o Serviço Meteorológico Alemão (DWD) nesta sexta-feira (19/10).

O meteorologista agrícola Helmut Schmitt aponta que o ano de 1947 é o pior até então, mas que os anos de 1921, 1976 e 1991 também foram excepcionalmente secos. Em que posição da lista 2018 se encaixa só poderá se determinado ao final do ano.

A baixa precipitação e as altas temperaturas nos últimos vezes fizeram com que rios e lagos em toda a Alemanha recuassem para níveis recordes. O sul da Renânia-Palatinado, Brandemburgo e Saxônia-Anhalt são os estados mais afetados, enquanto a situação "parece muito boa na Baviera", segundo Schmitt.

Também no estado de Hessen o solo está relativamente úmido. Isso se deve em parte ao fato de que solos pesados conseguem armazenar a água das chuvas do ano anterior por mais tempo, explica o pesquisador em climatologia.

Os meses de seca se fazem perceber especialmente no rio Reno. Seu nível atingiu a marca de 3,14 metros em Karlsruhe, no estado de Baden-Württemberg – superando a baixa recorde de 3,02 metros, medida em 27 de setembro de 1972.  

Para efeito de comparação, o nível médio do Reno naquela seção de medição é de 5,16 metros. Em janeiro, quando houve inundações recordes, o nível da água atingiu mais de 8,5 metros. O baixo nível tem afetado cada vez mais o transporte fluvial. Diversas balsas no Reno cessaram suas operações.

Ilha no Lago de Constança

Queda no nível de água fez surgir uma ilha no Lago de Constança, na fronteira entre Alemanha, Áustria e Suíça

O mesmo ocorreu no rio Danúbio, o segundo rio mais longo da Europa, que começa em Baden-Württemberg e deságua no Mar Negro, entre a Romênia e a Ucrânia. O clima árido fez com que algumas partes navegáveis do Danúbio alcançassem níveis tão baixos que operadores de navios tiveram que limitar ou cancelar totalmente viagens.

O lago de Constança, que tem 63 quilômetros de extensão e fica na fronteira entre Alemanha, Áustria e Suíça, recuou a um nível tão baixo que surgiu uma nova ilha. Há meses está visível uma ilha arenosa de aproximadamente 200 metros de comprimento e 50 de largura.

O nível da água no lago de Constança ficou em 2,88 metros esta semana, significativamente acima do nível mais baixo já registrado de 2,29 metros, em 15 de fevereiro de 2006. O lago de Constança é o terceiro maior da Europa Central e um destino turístico popular.

Rio Danúbio

Navegação teve que ser interrompida em alguns trechos do rio Danúbio

Os agricultores alemães também sofreram com a seca e tiveram a pior colheita em anos. Em agosto, a ministra da Agricultura da Alemanha, Julia Klöckner, disponibilizou 170 milhões de euros do orçamento federal para ajudar agricultores afetados pela seca, e pleiteou que a outra metade do montante de 340 milhões de euros fosse fomentada pelos estados – o que desencadeou um desentendimento político.

Após um verão excepcionalmente quente e um início de outono com incomuns dias de calor, um fim das temperaturas anormalmente altas está em vista. De acordo com o DWD, o céu encoberto deve dominar sobretudo a região central da Alemanha nos próximos dias. Por enquanto, apenas o Norte e o Sul seguirão ensolarados, mas já sem temperaturas acima de 25 graus Celsius.

PV/dpa/dw/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp
App | Instagram | Newsletter

Leia mais