Alemanha manda recolher 774 mil carros da Daimler na Europa | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 11.06.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Alemanha manda recolher 774 mil carros da Daimler na Europa

Determinação foi dada após constatação de fraude de emissões. Só na Alemanha, 238 mil veículos serão recolhidos. Empresa se comprometeu a remover "dispositivos manipuladores" ilegais instalados nos carros afetados.

Chefe da Daimler, Dieter Zetsche (c.) chega no Ministério dos Transportes em Berlim

Chefe da Daimler, Dieter Zetsche (c.) chega no Ministério dos Transportes em Berlim

Cerca de 238 mil automóveis da Daimler, fabricante da Mercedes, deverão ser recolhidos só na Alemanha, em toda a Europa serão 774 mil. A retirada de circulação foi anunciada nesta segunda-feira (11/06) pelo ministro dos Transportes Andreas Scheuer, devido à constatação de "dispositivos manipuladores" ilegais destinados a esconder os altos níveis de emissões nocivas dos testes reguladores.

"O governo federal vai ordenar um recall oficial imediato devido a dispositivos ilegais", disse Scheuer em comunicado, após se reunir com o chefe da companhia, Dieter Zetsche, para tratar das irregularidades nas emissões dos veículos da empresa.

"A Daimler diz que os aplicativos no software de controle dos motores, em que o governo federal encontrou falhas, serão removidos o mais breve possível e em cooperação transparente com as autoridades", acrescentou o ministro. A medida, concerne sobretudo as versões movidas a diesel GLC 4x4 e sedan de classe C, além das vans Vito, já recolhidas.

Esses dispositivos manipuladores estiveram no centro do escândalo "Dieselgate" da Volkswagen: em setembro de 2015, a maior montadora do mundo admitiu tê-los instalado em 11 milhões de veículos no mundo todo.

Até agora, o escândalo já custou à empresa mais de 25 bilhões de euros em multas, recompras e compensações, além de ter colocado sob investigação altos executivos da montadora, sob suspeita de participação na fraude.

IP/afp/dpa/rts

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Leia mais