Um morto e feridos na posse do novo Presidente da Serra Leoa | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 13.05.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Um morto e feridos na posse do novo Presidente da Serra Leoa

Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas, este sábado (12.05), num tumulto no principal estádio da Serra Leoa, na capital Freetown, na tomada de posse de Julius Maada Bio. Presidente pediu ajuda ao povo para governar.

Sierra Leone Freetown (AP)

Vista parcial de Freetown

Pela manhã, milhares de pessoas aguardavam pacientemente na fila para assistir ao juramento oficial do novo Presidente do país, mas depois apoiadores de Maada Bio forçaram a entrada no estádio, provocando um tumulto.

"Só posso confirmar um morto, mas mais pessoas estão feridas", afirmou um policial.

"O número de mortos pode aumentar, porque ainda estamos tirando feridos do estádio", acrescentou a chefe da Cruz Vermelha, Unisa Carew.

Sierra Leone Julius Mada Bio Präsidentschaftskandidat (Getty Images/AFP/I. Sanogo)

O novo Presidente da Serra Leoa, Julius Maada Bio

A posse de Maada Bio

A cerimônia deste sábado marcou a transferência oficial de poder do ex-Presidente Ernest Bai Koroma e contou com a presença de convidados como o Presidente da Libéria, George Weah, e os líderes do Senegal, do Mali e do Togo.

Sob júbilo do público, Maada Bio, que completou 54 anos no sábado, dirigiu-se à multidão.

"Há 22 anos organizei as primeiras eleições democráticas em quase 30 anos. Passei o poder de forma pacífica a um governo do SLPP naquele momento. Hoje sou o beneficiado dos progressos democráticos", disse o novo Presidente.

Assim, o militar quis deixar para trás o golpe de Estado que liderou em 1996 e que lhe permitiu governar de forma transitória durante dois meses e meio.

"É a primeira vez na história deste país que posso apreciar a oportunidade de um mandato democrático", ressaltou.

Sierra Leone Regierung bestätigt Todesfall durch Ebola (Getty Images/AFP/F. Leong)

País ainda sobre consequências da epidemia de ébola

Três frentes de combate

O novo Presidente enfrenta uma luta difícil para acabar com anos de sofrimento.

"Estou ciente de que fomos eleitos para a mudança sob expectativas imediatas não apenas nos serviços administrativos básicos, mas também para mudar a vida das pessoas deste país ", disse ele.

Maada Bio comprometeu-se a servir a todos os seus compatriotas, independentemente da sua origem étnica ou política, e disse que iria travar uma guerra de três frentes contra a indisciplina, a corrupção e a pobreza.

"O objetivo estratégico das políticas e programas é transformar a Serra Leoa num país do qual todos possamos nos orgulhar ", disse ele.

"Eu não posso fazer isso sozinho. Então, hoje, peço a todos vocês que acreditem na sua capacidade como cidadãos, que juntos podemos mudar a Serra Leoa", acrescentou.

Sierra Leone Präsidentschaftswahl Wahl Bürger Wähler Wahl Urne (Reuters)

A Serra Leoa realizou presidenciais em março deste ano

Entre as primeiras medidas do novo Presidente está a promessa de que, a partir do próximo ano letivo, a educação desde o primário até a universidade será gratuita.

Para isso, conseguiu um compromisso de US$ 30 milhões do Banco Mundial para implementar um ambicioso novo programa de educação que inclui, além da educação gratuita, um ano a mais no ensino médio.

Histórico do novo Presidente

Bio venceu as eleições no início de abril, após uma campanha eleitoral tumultuada, encerrando uma década de governo do partido Congresso de Todos os Povos (APC).

Um antigo soldado, que brevemente liderou uma junta militar há mais de duas décadas, Bio obteve 51,81% dos votos na segunda volta, contra o candidato do então partido no poder, Damura Kamara, que obteve 48,19%.

A economia de Serra Leoa ainda está a se recuperar da guerra e de doenças e permanece frágil, com os investidores retornando lentamente, enquanto a corrupção é generalizada.

Leia mais