Morreu ex-primeiro-ministro guineense Manuel Saturnino da Costa | Guiné-Bissau | DW | 10.03.2021

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Guiné-Bissau

Morreu ex-primeiro-ministro guineense Manuel Saturnino da Costa

O antigo primeiro-ministro da Guiné-Bissau Manuel Saturnino da Costa morreu esta quarta-feira (10.03), em Bissau, aos 78 anos, vítima de doença.

Manuel Saturnino incompatibilizou-se com a atual liderança do PAIGC

Manuel Saturnino incompatibilizou-se com a atual liderança do PAIGC

Nascido em Bolama, no arquipélago dos Bijagós, Saturnino da Costa foi militante e dirigente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), do qual foi um dos comandantes durante a luta armada pela independência.

Conhecido no país pelo nome de comandante Manuel Saturnino, o ex-militar e político incompatibilizou-se com a atual liderança do PAIGC, passando a ser conotado com o Movimento para a Alternância Democrática (Madem G-15), partido fundado por dissidentes do PAIGC.

Manuel Saturnino da Costa foi primeiro-ministro da Guiné-Bissau entre 26 de outubro de 1994 e 06 de junho de 1997, um dia antes de iniciar um conflito político-militar que duraria 11 meses, levando à deposição, pelos militares, do então Presidente guineense, João Bernardo "Nino" Vieira.

Manuel Saturnino da Costa ocupou várias pastas ministeriais desde a independência da Guiné-Bissau, foi conselheiro de Estado e exerceu vários outros cargos do Estado guineense.

A família ainda não determinou a data do funeral.

Assistir ao vídeo 03:02

Guerra de 7 de junho deixou marcas na alma e na memória dos guineenses

Leia mais