ISEP confirma que líder da UNITA concluiu formação de engenharia eletrotécnica | Angola | DW | 13.06.2022

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Angola

ISEP confirma que líder da UNITA concluiu formação de engenharia eletrotécnica

O Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) confirmou que o presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, concluiu a formação em engenharia eletrotécnica em 1995, obtendo o grau de bacharel.

Numa nota enviada à agência Lusa, a presidência do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), em Portugal, esclarece que o líder da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) obteve o grau de bacharel em engenharia eletrotécnica naquele instituto, em 13 de dezembro de 1995.

Segundo uma fonte contactada pela Lusa, à data, os cursos daquele instituto politécnico apenas conferiam o grau de bacharelato que foi concluído com uma média final de 11 valores.

Na semana passada, a revista Sábado (revista semanal portuguesa) noticiou que o presidente da UNITA, que se apresenta com engenheiro eletrotécnico, não teria concluído a licenciatura, nem no ISEP nem na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

A deputada e jurista da UNITA, Mihaela Webba, disse na altura que estava em causa "uma tentativa de linchamento" do presidente da UNITA e que as suspeitas em torno da licenciatura tinham origem em "interesses escusos”.

A UNITA, principal partido da oposição angolana, que concorre às eleições gerais marcadas para 24 de agosto de 2022, manteve sempre o silêncio sobre as alegações.

O mesmo fez Adalberto da Costa Júnior, que visitou a província angolana de Cabinda no fim de semana, para cumprir uma jornada política que teve como principal destaque o comício de sábado, marcando a abertura da pré-campanha eleitoral.

Angola, um "xadrez político"

Leia mais