Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Dívidas ocultas em Moçambique

Em 2013 e 2014, o Governo de Moçambique emprestou mais de 2 mil milhões de dólares americanos de bancos e credores internacionais para financiar empresas públicas sem a aprovação necessária do parlamento moçambicano.

Estas dívidas para financiar as três empresas públicas ProIndicus, EMATUM e Mozambique Asset Management (MAM) não tiveram a aprovação pelo Parlamento, pois o Governo do Presidente Armando Guebuza preferiu conduzir a operação à margem do público. Apenas em 2015 e 2016, ficou conhecido o volume real das dívidas. Doadores internacionais como a Alemanha e o Fundo Monetário Internacional (FMI) pediram uma auditoria internacional e independente. Começou a 23 de agosto de 2021 o julgamento daquele que é considerado o maior escândalo de corrupção em Moçambique.

Ver mais