1º de Agosto na meia-final da Liga dos Campeões Africanos | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 27.09.2018

Conheça a nova DW

Dê uma vista de olhos exclusiva à versão beta da nova página da DW. Com a sua opinião pode ajudar-nos a melhorar ainda mais a oferta da DW.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

1º de Agosto na meia-final da Liga dos Campeões Africanos

Os campeões angolanos empataram 1-1 em casa do TP Mazembe, do Congo, e estão entre as quatro melhores equipas da Liga dos Campeões Africanos.

Fotografia simbólica

Fotografia simbólica

O 1º de Agosto, de Angola, empatou com TP Mazembe, 1-1, na partida entre as duas mãos dos quartos-de-final da Liga dos Campeões Africanos,  de 2018, no Stade TP Mazembe, na República Democrática do Congo (RDC), na passada sexta-feira (21.07).

O golo fora de casa, da equipa angolana, deu vantagem no agregado (1-1) das duas eliminatórias e permitiu ao 1º de Agosto chegar às meias-finais da Liga dos Campeões Africanos ("Champions").

Os campeões angolanos passaram por muitas dificuldades e logo aos 12 minutos da primeira parte, o Mazembe abriu o marcador, por intermédio de Jackson Mulenga.

A equipa da RD do Congo não abrandou e criou várias oportunidades de golo, com destaque para Ben Malango, que líderou o ataque do Mzembe.

Grande defesa de Toni

O avançado de 24 anos teve o 2-0 nos pés, mas isolado, frente  a frente com Toni, guarda-redes do 1º de Agosto, não conseguiu dobrar o marcador para os congoleses. Grande defesa do guardião de 32 anos, um dos melhores em campo.

Foi de bola parada que o 1º de Agosto conseguiu responder ao sufoco ofensivo do TP Mazembe e com eficácia.

Aos 35 minutos, num livre à entrada da área do Mazembe, Mongo Bokamba, de forma irrepreensível, bateu o Sylvain Gbohouo, guarda-redes do TP Mazembe. Grande golo do avançado congolês que joga no 1º de Agosto.

Com o golo do empate, os campeões angolanos tinham vantagem do golo marcado fora de casa valer por dois, em caso de repetição do resultado da primeira-mão (0-0).

A precisar de marcar, o TP Mazembe voltou a forçar e "ganhou" uma grande penalidade antes do intervalo. No duelo Malando vs. Toni, o guarda-redes angolano voltou a vencer e defendeu o penálti, salvando mais uma vez o 1º de Agosto.

No entanto, Toni conseguiu uma boa defesa e impediu Malango de marcar, assegurando que o primeiro tempo terminasse com o Mazembe e o 1° de Agosto empatado a 1-1.

O conto de fadas de Toni continuou, pois logo a abrir a segunda parte, o Mazembe voltou a favorecer de um penálti. O marcador mudou, mas o resultado não mexeu. Tresor Mputu não conseguiu bater Toni e o guardião angolano gelou o estádio do Mazembe.

Empate até ao final da partida

O 1º de Agosto conseguiu controlar o Mazembe até ao final da partida e manteve o empate a uma bola, que permite aos campeões angolanos chegar às meias-finais da Liga dos Campeões Africanos.

Os campeões angolanos ficam agora à espera do vencedor da eliminatória entre o Esperance de Tunis e o Etoile du Sahel, e lutar por uma de duas vagas na grande final da "Champions".

Leia mais