1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Koblenz: De navio pelo Reno e Mosela

Em Koblenz, dois importantes rios alemães se encontram: o Reno e o Mosela. A cidade chama a atenção de que viaja pelo Reno, através da monumental estátua eqüestre de Guilherme I, no chamado «Deutsches Eck».

default

Passeio de barco pelo rio Reno, em Koblenz

O "Deutsches Eck" (canto alemão), um pedaço de terra pontiagudo no encontro dos rios Reno e Mosela, é uma das grandes atrações turísticas da Alemanha. Esse nome remonta aos cavaleiros andantes que, na Idade Média, fundaram ali as suas ordens.

Nos meses mais quentes do ano, para os turistas que dispõem de tempo, interessados em conhecer a paisagem e desvandar a história da cultura alemã, uma dica são os passeios de barco, que levam os passageiros em viagens de duração variada.

Passeios de barco

Deutsches Eck im Wasser

O «Deutsches Eck» é freqüentemente inundado, quando os rios sobem

A grande estátua eqüestre do imperador Guilherme I foi destruída em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial. O pedestal do monumento serviu até 1990 como um "Memorial da Unidade Alemã". Somente em 1993, é que uma reprodução da estátua foi posta no lugar original.

Diretamente atrás do monumento está a Deutschherrenhaus, que hoje abriga o Museu Ludwig, onde os visitantes e admiradores de arte podem apreciar uma coleção de arte contemporânea francesa.

A melhor vista do "Deutsches Eck" e de Koblenz se tem da fortaleza de Ehrenbreitstein, no alto de um penhasco na margem direita do Reno. A ampla instalação, erguida pelos prussianos como proteção contra o expansionismo francês, está entre as mais bem conservadas fortalezas da Europa.

Cidade com atmosfera

Koblenz (em português, Coblença), cidade existente há cerca de dois mil anos, possui charme e aspectos interessantes de serem vistos. Para quem gosta de história e cultura, não faltam igrejas, castelos, casas antigas de nobres e monumentos, encontrados em becos estreitos e lugares convidativos.

Webcam Koblenz

Visão panorâmica do bairro antigo de Koblenz

No centro do bairro antigo, um espaço curioso é o Löffelskeller, uma cave histórica, onde já se servia vinhos na Idade Média. Neste local, o visitante tem hoje a oportunidade de conhecer a saborosa cozinha da região. Já o centro comercial da cidade, com ruas pavimentadas de concreto, é pouco atraente.

Um detalhe interessante para os brasileiros é o fato de Koblenz estar localizada nas proximidades da região do Hunsrück, de onde saiu a maior parte dos imigrantes alemães rumo ao sul do Brasil, a partir de 1824.

Reno, o rio dos poetas

O Reno é considerado o rio alemão mais famoso, descoberto há 200 anos por poetas e pintores do Romantismo, que pintaram a paisagem, fazendo reviver lendas e mitos. Entre eles, o mais conhecido é o da Lorelei, a quem Heinrich Heine dedicou um de seus mais conhecidos poemas. Navegável desde Basiléia, na Suíça, até a foz, em Roterdã na Holanda, é em seu vale no curso médio – exatamente onde fica o penhasco da Lorelei – que o Reno mais corresponde à sua imagem "romântica".

Famosos de Koblenz

Na rua Wambachstrasse, onde nasceu a mãe do compositor Ludwig van Beethoven, Maria Magdalena, pode ser vista a maior coleção privada sobre o compositor.

Também as raízes do ex-presidente francês Valéry Giscard d'Estaing estão naquela cidade. Ele nasceu em Koblenz em 1926.

Arquivo Nacional Alemão

Koblenz abriga o Arquivo Nacional Alemão, fundado em junho de 1952, onde estão guardados importantes documentos do tempo do nazismo, entre outros.

Estão armazenados no arquivo registros desde 1815, passando pelo Império, a República de Weimar e o Terceiro Reich, até os tempos da ocupação (1945-1949), além de documentos da República Democrática Alemã (1949-1990) e da República Federal da Alemanha (a partir de 1949).

Leia mais

Links externos