1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Ex-vice-presidente da Fifa diz que entidade financiou seu partido

Jack Warner afirma ter provas de que Federação Internacional de Futebol financiou sua agremiação política em Trinidad e Tobago. Ele é um dos procurados pela Interpol no escândalo de corrupção envolvendo a Fifa.

default

Jack Warner, ex-presidente da Concacaf, de Trinidad e Tobago

O ex-vice presidente da Fifa e ex-presidente da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf), Jack Warner, afirmou a uma emissora de TV de Trinidad e Tobago, nesta quarta-feira (03/06), que existiria uma ligação entre pagamentos da entidade máxima do futebol mundial e as eleições de 2010 em seu país.

Warner disse que a Fifa apoiou o seu Partido Liberal Independente e que teria entregado os respectivos cheques e outras provas ao seu advogado. De acordo com Warner, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e outros funcionários da federação teriam tomado conhecimento do fato.

Em seu discurso televisionado, Warner ameaçou abertamente Blatter. "Blatter sabe por que ele caiu. E se existe alguém que também o sabe, esse alguém sou eu", disse Warner. "Nem mesmo a morte vai conter essa avalanche", adicionou.

Ainda nesta quarta-feira, a Interpol emitiu um alerta internacional de busca para o ex-presidente da Concacaf. Warner está afastado do futebol desde 2011, quando foi suspenso de todas as suas atividades devido a acusações de suborno envolvendo a eleição presidencial da Fifa naquele ano.

CA/dpa/dw

Leia mais