1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Empatados, Obama e Romney fazem campanha nos estados decisivos

A um dia da eleição presidencial nos EUA e empatados nas pesquisas de intenção de voto, o presidente Barack Obama e o republicano Mitt Romney concentram seus esforços nos estados decisivos para a vitória.

A corrida para a Casa Branca permanence acirrada enquanto os candidatos cruzam o país para expor seus argumentos finais aos eleitores dos estados decisivos nesta segunda-feira (05/11), véspera da eleição.

Tanto o presidente Barack Obama quanto o seu desafiante, o republicano Mitt Romney, pretendem passar por quatro desses estados antes de encerrar oficialmente a campanha. Em comum, apenas Ohio, tido como decisivo principalmente para os republicanos.

Obama começa o dia em Wisconsin, depois vai para Ohio e segue para Iowa, o estado onde iniciou sua campanha presidencial em 2008, antes de retornar para Chicago (Illinois), sua base eleitoral.

Romney começa o dia no maior dos estados decisivos: Flórida. Depois viaja para a Virgínia, de onde segue para Ohio, o estado-chave para os republicanos. Ele encerra a campanha em New Hampshire, mesmo local onde a iniciou, há 18 meses.

Obama e Romney estão virtualmente empatados em quase todas as pesquisas. Segundo uma sondagem da rede de televisão CNN, ambos os candidatos têm 49% das intenções de voto.

De acordo com levantamento feito pela NBC News e o jornal Wall Street Journal, Obama lidera com 48%, com um ponto de diferença sobre Romney. Apenas o Centro Pew prevê a vitória do presidente, com 50% contra 47%, com uma margem de erro de 2,2 pontos percentuais.

Cerca de 27 milhões de norte-americanos já votaram mais cedo nesta eleição.

Pesquisa da CNN

Segundo a sondagem da CNN, 53% das mulheres pretendem votar em Obama contra 44% dos homens, uma diferença de nove pontos que " poderá ser a maior desde 1996", afirma o diretor de sondagens da rede de TV, Keating Holland.

Holland também constatou que Obama "tem menos apoio entre os mais jovens do que há quatro anos" e que os dois candidatos estão empatados no que se refere ao apoio dos idosos.

Romney continua a liderar as intenções entre os eleitores brancos, com 57% contra 40% de Obama.

O presidente apresenta uma vantagem entre os eleitores com rendimentos inferiores a 50 mil dólares, com 56% contra 40% de Romney. O republicano conta com o apoio dos eleitores mais ricos – 52% contra 47% de Obama.

RO/lusa/ap/afp/rtr/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais