1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Taxa de desemprego tem leve alta nos Estados Unidos

Economia se recupera e gera 171 mil empregos em outubro. Ainda assim, taxa de desemprego sobe porque mais pessoas estão à procura de trabalho.

BAY CITY, MI - FEBRUARY 18: General Motors employees man their stations while working at the GM Bay City Powertrain plant February 18, 2010 in Bay City, Michigan. GM anounced today that they will invest $494 million in U.S. manufacturing at three plants for their next generation Ecotec engine. The three plants are in Bay City, Michigan, Tonawanda, New York and Defiance, Ohio. The project will result in nearly 550 jobs at GM. (Photo by Bill Pugliano/Getty Images)

USA Ohio General Motors Fabrik

A taxa de desemprego nos Estados Unidos aumentou para 7,9% em outubro, leve alta em comparação com os 7,8% registrados em setembro. O anúncio do índice, feito nesta sexta-feira (02/11) era muito aguardado por causa da eleição presidencial.

Segundo o Departamento do Trabalho, 171 mil empregos foram criados no último mês, acima das expectativas do mercado. O último relatório antes da eleição da próxima terça-feira mostra que a oferta de vagas tem crescido depois de ficar estagnada por meses.

Desde julho, a economia gerou uma média de 173 mil empregos por mês, acima dos 67 mil registrados entre abril e junho.

O índice aumentou porque mais pessoas começaram a procurar trabalho. O governo só registra pessoas como desempregadas se elas estiverem atrás de emprego.

Apesar da melhora na geração de postos de trabalho, o presidente Barack Obama vai encarar as urnas com a maior taxa de desemprego para qualquer presidente em busca da reeleição desde Franklin Roosevelt.

RO/afp/ap/rtr
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais