1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Pesquisa indica que 90% dos europeus reelegeriam Obama

Sondagem feita em sete países da Europa revela que nove em cada dez entrevistados votariam no democrata. Europeus consideram Romney "conservador demais".

CHARLOTTE, NC - SEPTEMBER 06: Renee Watson of San Antonio, TX wears a cowboy hat decorated with campaign buttons during the final day of the Democratic National Convention at Time Warner Cable Arena on September 6, 2012 in Charlotte, North Carolina. The DNC, which concludes today, nominated U.S. President Barack Obama as the Democratic presidential candidate. (Photo by Tom Pennington/Getty Images)

USA Wahl Wahlen 2012 Texas Hut Obama Demokraten Anhänger

Enquanto nos Estados Unidos a corrida pela Casa Branca ainda não tem um claro vencedor, uma pesquisa realizada em sete países europeus revelou que mais de 90% dos questionados optariam por Barack Obama, caso pudessem votar na próxima semana.

O candidato republicano, Mitt Romney não receberia mais do que 10% dos votos em qualquer dos países abrangidos pela pesquisa: Reino Unido, Alemanha, França, Dinamarca, Suécia, Finlândia e Noruega.

"Enquanto o apoio a Barack Obama caiu um pouco nos Estados Unidos, sua popularidade na Europa ofusca completamente Romney que, mesmo agora no auge da campanha, ainda não impressionou os europeus", comentou Joe Twyman, diretor de pesquisa política e social da YouGov, empresa responsável pelo estudo.

Romney é visto como uma grande incógnita e é "conservador demais para o gosto europeu", disse Twyman. "Pelos padrões europeus, Obama é considerado de centro-direita ou mesmo de direita", completou.

Imagem dos EUA no exterior

A sondagem europeia foi realizada entre 19 e 28 de outubro e contrasta com um estudo da empresa britânica de pesquisas YouGov realizado entre 27 e 29 de outubro nos EUA, onde o candidato democrata recebeu 48% das intenções de voto, seguido de perto pelos 46% de Romney.

Questionados se os EUA se tornariam mais ou menos respeitados pelos outros países caso Obama fosse reeleito, 28% dos eleitores norte-americanos afirmaram que sim, 30% responderam que não haveria alteração, e 34% disseram que o país seria menos respeitado. 

Já diante da hipótese de Romney ser escolhido para chefiar a Casa Branca, 32% estão convencidos de que os EUA seriam mais respeitados pelos outros países, 17% disseram que não haveria alteração, e 39% responderam que o país seria menos respeitado com o republicano como presidente.

A pesquisa questionou cerca de 7,5 mil pessoas no Reino Unido, na Alemanha, França, Dinamarca, Suécia, Finlândia e Noruega. As populações de economias em dificuldades no sul da Europa não foram incluídas.

Obama reeleito também na Alemanha

A sondagem feita pelo instituto YouGov mostrou que 85% dos alemães reelegeriam Obama. Romney ficaria com apenas 4% dos votos – 11% dos entrevistados não opinaram. A pesquisa online na Alemanha foi realizada entre 29 e 31 de outubro, com a participação de pouco mais de mil pessoas.

Tanto na Alemanha como nos Estados Unidos e no Reino Unido, as projeções eleitorais do instituto YouGov estão frequentemente entre as mais precisas.

RW/lusa/rtr
Revisão: Francis França

Leia mais