1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Bayern x Werder, o desafio do ano

O jogo entre o Bayern de Munique e o Werder Bremen neste final de semana é decisivo no Campeonato Alemão. Além disso, ele traz o duelo entre os brasileiros Zé Roberto e Aílton, artilheiro do campeonato.

default

O técnico do Werder Bremen na pose de vitória - contra o Bayern também?

O confronto deste sábado (08/05) será um de superlativos: o melhor ataque contra o segundo melhor, a segunda melhor defesa contra a terceira melhor. A situação está clara: com uma vitória sobre o Bayern de Munique, atual segundo colocado no Campeonato Alemão, o Werder Bremen seria o campeão da temporada 2003/04. No caso de uma derrota, a tensão não poderia ser maior. O Bremen está com 71 pontos na liderança do campeonato, seguido do Bayern com 65, e a só três rodadas de seu fim. E as chances são boas: embora no balanço total desde 1997 os bávaros tenham ganho cinco vezes, com três empates e quatro derrotas, é preciso voltar até 20 de maio de 2000 para chegar à última vitória do Bayern sobre o Werder.

Bremen está tranqüilo

Embora o diretor do Bayern de Munique, Uli Hoeness, tenha reclamado que os acontecimentos das últimas semanas, como a derrota do Hamburgo diante do Werder por 6 a 0 , teriam sido muito "estranhos", o clube do norte está se concentrando na tarefa do sábado que vem. "Estamos conscientes da nossa força e não é preciso ficar batendo boca", confirma Klaus Allofs, diretor do Bremen.

Os técnicos estão tentando irradiar tranqüilidade para não esquentar os ânimos demais. Só porque se joga contra Munique "não existe motivo nenhum de mudar o treinamento ou dar uma motivação extra aos jogadores", diz Thomas Schaaf, técnico do Werder. Ottmar Hitzfeld, do Bayern, está convencido de que o seu clube vai ganhar. "Estamos em casa, com o apoio de uns 60 mil torcedores." É verdade, por outro lado, que o Bremen "não mostrou muita fraqueza", admite Franz Beckenbauer, voz mais poderosa do Bayern e do futebol alemão inteiro. E ele tem razão: o Werder Bremen perdeu o último jogo da temporada (no total sofreu duas derrotas só) em 18 de outubro de 2003, na nona rodada. Sábado vai ser a 32ª.

Os dois têm que lutar com os mesmos problemas, que são normais antes de um jogo. No lado do Bremen, não está certo se Valerien Ismael, motor do meio-de-campo, vai participar. O Bayern, por seu lado, ainda não confirmou Roy Makaay, artilheiro do time, com 22 gols e assistência em mais quatro.

O duelo dos brasileiros

Mas Munique pode confiar em Zé Roberto, pólo criativo no meio-de-campo. O brasileiro de 29 anos, que atuou 50 vezes na Seleção Brasileira, está jogando um bom campeonato, com apenas dois gols, mas dez assistências. E sempre é um perigo para a defesa contrária.

Sobre o ano de Aílton no Bremen não é preciso falar muito. Ele é o artilheiro da Bundesliga (Campeonato Alemão), com 26 gols e oito assistências, simplesmente imbatível. O jogador brasileiro, chamado "Kugelblitz" (relâmpago esférico), está no clube desde 1998 e, como na próxima temporada atuará pelo Schalke, logicamente quer coroar sua obra com gols decisivos e assim assegurar o título.

Um fato é certeza absoluta: quem no país inteiro não estiver torcendo explicitamente para o Bayern de Munique vai gritar pelo Werder Bremen. Então, são cerca de 75 milhões a mais do que os 60 mil no estádio.

Os dados dos brasileiros

Fußball: Bayern-Mittelfeldspieler Ze Roberto

Zé Roberto com a camiseta do Bayern

Zé Roberto:

  • Data de nascimento: 06/07/1974
  • Clubes anteriores: Portuguesa, Real Madrid, Flamengo, Bayer Leverkusen
  • No Bayern de Munique desde 2002
  • Jogos na Seleção: 50

    Aílton Gonçalves:

    Fussballer Ailton

    Bremen's Brazilian forward Ailton claps his hands when he is substituted during the German Bundesliga soccer match between Werder Bremen and Hamburger SV Saturday, May 1 2004. Werder Bremen won 6-0. (APPhoto/Joerg Sarbach)

    • Data de nascimento: 19/07/1973
    • Clubes anteriores: Mogi Mirim, Santa Cruz, Guarani de Campinas, Universidad Nuevo León (México)
    • No Werder Bremen desde: 1998
    • Jogos na Seleção: 0

Leia mais

Links externos