VOLKSWAGEN ANUNCIA INVESTIMENTO DE 3,4 BILHÕES DE EUROS NO BRASIL | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 08.10.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

VOLKSWAGEN ANUNCIA INVESTIMENTO DE 3,4 BILHÕES DE EUROS NO BRASIL

Nossos usuários comentaram esta semana os investimentos da Volkswagen no Brasil, a visita da presidente Dilma à Bulgária, o deficit público da Grécia e o programa social Bolsa Verde.

default

Não há qualquer favor em escolher o Brasil. Além de cerveja, Schumacher e Volks, os alemães, no Brasil, têm muito mais fama de povo inteligente. Ou usam essa inteligência privilegiada ou continuarão perdendo o mercado para os orientais. Por sinal um ótimo mercado, que está sendo protegido pelo atual governo. O Brasil está crescendo (o povo) e não só tem samba, futebol e cerveja. Vamos em frente!
George Meireles
 
Alemanha deveria investir mais em educação no Brasil e divulgar ainda mais o idioma alemão, o sucesso do pós-Guerra, a economia e a indústria alemãs, a educação técnica e a tecnologia e fazer maiores parcerias e intercâmbio com as escolas e universidades brasileiras, não só na área de engenharia, mas em outras áreas, também.
Gisele Alves

FILME SOBRE A  VIDA DE DILMA ROUSSEFF
 
A trajetória da presidente Dilma é uma lição de lutas e superação, um exemplo de dedicação e responsabilidade...
Tiago Batista Stein
 
A idéia não é má. Afinal, qual o país que tem um representante com uma trajetória tão rica e tão emocionante? Só mesmo o ex-presidente Lula tem uma biografia mais interessante que a de Dilma.
Eduardo Campos

GRÉCIA ENDIVIDADA
 
Eu acredito na recuperação da Grécia desde que o governo e o seu povo entrem em entendimento, uma vez que a democracia nasceu em Atenas. Sabemos também que o nosso planeta se tornou uma vila em todos os aspectos, principalmente no mundo financeiro, e sendo a Grécia um membro do mercado comum europeu, os demais países, principalmente a Alemanha, tem que interferir em medidas mais enérgicas e eficazes.
George Sklias
 
BOLSA VERDE
 
Acredito que será de muita valia o auxílio do Bolsa Verde, mas num primeiro momento me fez refletir o seguinte: o homem do capitalismo selvagem não se conforma com "pouco", ele quer consumir cada vez mais e mais. O incentivo ao consumo nos meios midiáticos deturpa o consumismo consciente, dificultando a sustentabilidade. Acredito que deveria haver uma mudança (rápida e eficaz) na educação dos populares da região, que convenhamos, tem altos índices de analfabetismo.
Márcia Josiane Severo

Leia mais