1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW

UE quer proibir lâmpadas incandescentes até 2012

8 de dezembro de 2008
https://www.dw.com/pt-br/ue-quer-proibir-l%C3%A2mpadas-incandescentes-at%C3%A9-2012/a-3859004

Depois de 130 anos, a lâmpada tradicional deixará aos poucos de existir na Europa, de acordo com uma decisão anunciada nesta segunda-feira (08/12) pela União Européia (UE). Devido a seu alto consumo energético, as lâmpadas incandescentes deverão ser retiradas dos mercados europeus de forma escalonada. A partir de 1º de setembro de 2012, só serão permitidas lâmpadas de consumo eficiente de energia.

Em 1º de setembro de 2009, deixarão de ser vendidas as lâmpadas incandescentes de 100 watts. Em 1º de setembro de 2010, ficarão proibidas as de 75 watts e, na mesma data em 2011, as de 60 watts. Finalmente, em 1º de setembro de 2012, deixarão o mercado também as lâmpadas incandescentes de 40 e 25 watts.

Ao substituir as lâmpadas incandescentes por outras eficientes, espera-se que seja possível reduzir os gastos com energia em entre 5 e 10 bilhões de euros por ano na Europa, já que apenas 5% da energia que as primeiras utilizam gera luz, sendo o restante apenas calor. A medida, no entanto, ainda tem que ser aprovada pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho de Ministros do bloco. (rr)