Tribunal decreta prisão perpétua por ″racha″ em Berlim | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 27.02.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Tribunal decreta prisão perpétua por "racha" em Berlim

Juiz considerou dois participantes de corrida ilegal culpados de homicídio, devido à morte de um homem em acidente durante a competição. Sentença é inédita na Alemanha para esse tipo de delito.

Um tribunal de Berlim sentenciou nesta segunda-feira (27/02) dois homens à prisão perpétua por provocarem a morte de uma pessoa durante uma corrida ilegal nas ruas da capital alemã. O acidente ocorreu ano passado, matando o aposentado Michael W., de 69 anos.

Hamdi H., de 24 anos, e Marvin N., de 27 anos, foram condenados por homicídio com dolo indireto, isto é, quando não há propósito de matar, mas há responsabilidade pelo evento que acaba causando a morte de uma pessoa.

Embora a sentença ainda não seja ainda legalmente vinculativa, já que cabe recurso aos condenados, o veredicto abre um precedente, já que pela primeira vez na Alemanha é decretada pena perpétua como punição para participação em uma corrida ilegal seguida de morte.

O acidente ocorreu no antigo centro ocidental de Berlim na madrugada de 1° de fevereiro. Ao passar um sinal vermelho a quase 160 quilômetros por hora, Hamdi H. bateu seu carro contra um jipe do aposentado Michael W., que atravessava o cruzamento, colidindo em seguida contra o automóvel dirigido por Marvin N. Ambos os jovens motoristas saíram com ferimentos leves.

MD/dpa/afp

Leia mais