Temer escolhe mulher para comandar BNDES | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 16.05.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Temer escolhe mulher para comandar BNDES

Economista Maria Silvia Bastos é primeira representante do sexo feminino a ocupar um alto cargo no governo do presidente interino, que foi alvo de críticas após anunciar ministério exclusivamente masculino.

O presidente interino Michel Temer escolheu nesta segunda-feira (16/05) a economista Maria Silvia Bastos Marques para comandar o BNDES, após uma enxurrada de críticas devido à ausência de mulheres no novo ministério. Marques aceitou o convite.

A economista já foi diretora do BNDES e será a primeira mulher a chefiar a instituição. Ela também já ocupou a presidência da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), comandou a secretaria das Finanças do Rio de Janeiro e foi presidente do Conselho da Empresa Olímpica Municipal (EOM), criada pela prefeitura para realizar as obras dos Jogos Olímpicos.

Marques é a primeira mulher nomeada por Temer para trabalhar em seu governo, que havia pedido que sua equipe buscasse representante do sexo feminino na sequência das críticas a seu ministério exclusivamente masculino.

Romero Jucá, o novo ministro do Planejamento negou que a escolha de Marques seja um reflexo da preocupação do presidente interino com a presença de mulheres em altos cargos do governo.

"É um convite para colocar alguém competente, experiente, que tem toda condição de fazer um grande trabalho no BNDES e, portanto, o presidente [interino] entendeu de convidá-la. E considero uma ótima escolha", afirmou Jucá.

LPF/ots

Leia mais