1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Logo da rede de supermercados britânica Tesco
A rede de supermercados Tesco é uma das signatárias da carta abertaFoto: picture-alliance/B. Zawrzel

Supermercados britânicos ameaçam boicote por MP da grilagem

20 de maio de 2020

Em carta aberta aos parlamentares em Brasília, Tesco, Sainsbury's, Morrisons, Marks & Spencer e outros afirmam que podem não comprar mais do Brasil se polêmica lei de regularização fundiária for aprovada.

https://www.dw.com/pt-br/supermercados-brit%C3%A2nicos-amea%C3%A7am-boicotar-brasil-por-mp-da-grilagem/a-53514265

As principais redes de supermercados do Reino Unido ameaçaram nesta quarta-feira (20/05) boicotar produtos brasileiros se o Congresso Nacional aprovar a polêmica lei de regularização fundiária, conhecida como "MP da grilagem" e recentemente convertida em projeto de lei.

Em carta aberta aos senadores e deputados em Brasília, os cerca de 40 signatários afirmam estar profundamente preocupados com a medida provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro no fim de 2019 e que poderá ser votada ainda nesta quarta-feira.

Assinam a carta algumas das redes de supermercados mais importantes do Reino Unido, como Tesco, Sainsbury's, Morrisons e Marks & Spencer, além da rede Burger King, do fundo público de pensões sueco AP7 e de outras empresas de gestão de investimentos.

"Se a medida for adotada, isso fomentaria ainda mais a apropriação de terras e o desmatamento em grande escala, o que colocaria em risco a sobrevivência da Amazônia" e os objetivos climáticos do Acordo de Paris, afirmam os signatários.

"Acreditamos que também colocaria em risco a capacidade de empresas como as nossas de seguir comprando do Brasil", acrescentam.

À época da publicação da medida, governo e entidades do agronegócio afirmaram que ela aceleraria a concessão de títulos para pessoas que já estão nas terras e que, segundo eles, poderiam produzir mais, com mais acesso a crédito. Mas, para ONGs e instituições ambientalistas, as regras premiam quem invadiu e derrubou florestas ilegalmente em áreas públicas.

Há cerca de uma semana, a MP 910 foi transformada em projeto de lei pelo deputado Zé Silva (Solidariedade-MG) e poderá ser votada ainda nesta quarta-feira. Apesar de alterações, ambientalistas afirmam que a essência do projeto continua sendo a mesma.

AS/afp/rtr/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter