Siemens anuncia corte mundial de 4.200 postos de trabalho | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 18.03.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Siemens anuncia corte mundial de 4.200 postos de trabalho

Reestruturação do segmento de TI do conglomerado alemão prevê corte de 2 mil empregos na Alemanha e criação de uma unidade independente.

default

Sede da empresa em Munique

O conglomerado alemão Siemens anunciou nesta quinta-feira (18/03) que pretende eliminar 4.200 postos de trabalho em suas unidades de tecnologia da informação (TI) em todo o mundo até o final de 2011.

A redução atinge 2 mil empregos na Alemanha, principalmente nos maiores centros de produção, que são Munique, Paderborn e Nuremberg.

SIS (Siemens IT Solutions and Services), a divisão de TI da Siemens, dispõe atualmente de 35 mil funcionários, dos quais 9.700 estão na Alemanha. Até o final deste ano, a Siemens pretende reestruturar o segmento e tornar a SIS uma unidade independente.

Siegfried Russwurm, diretor de Emprego e Recursos Humanos da Siemens, justificou os cortes alegando ajustes no volume de negócios, que nos últimos dois anos caiu 13%. Segundo Russwurm, o fechamento das vagas acontecerá de forma "responsável", aproveitando demissões voluntárias e o término de contratos temporários.

A companhia tem sede em Munique e emprega mais de 400 mil pessoas em todo o mundo, sendo 128 mil na Alemanha.

RW/rtr/apn

Revisão: Carlos Albuquerque

Leia mais