Salles revoga ato que regularizava invasões na Mata Atlântica | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 04.06.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Salles revoga ato que regularizava invasões na Mata Atlântica

Após ter sido contestada pelo Ministério Público, medida é cancelada pelo ministro do Meio Ambiente, que aguarda decisão do STF sobre o tema. Restam apenas 12% da cobertura original do bioma.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, revogou nesta quarta-feira (03/06) o ato administrativo que, na prática, regularizava invasões até 2008 na Mata Atlântica. A decisão foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial.

O Ministério Público Federal (MPF) havia entrado com uma ação na Justiça para tentar anular a medida, argumentando que, na prática, ela anistiava crimes ambientais, como ocupações ilegais e desmatamento.

"O ato administrativo coloca em risco o que resta da Mata Atlântica no território brasileiro, cerca de 12% da cobertura original", comentou o MPF ao apresentar a ação, em maio.

Salles afirmou, em suas redes sociais, que revogou o ato para aguardar uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a aplicação do Código Florestal na região da Mata Atlântica.

O ato reconhecia propriedades rurais instaladas até julho de 2008 em áreas de proteção ambiental da Mata Atlântica e, em consequência, permitia o cancelamento de "milhares de processos de infração" por desmatamento e queimadas, de acordo com o Ministério Público Federal.

Originalmente, a Mata Atlântica ocupava mais de 1,3 milhão de quilômetros quadrados na região costeira do Brasil, indo do Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul. Hoje, porém, restam apenas cerca de 12% da cobertura vegetal original, depois de décadas de desmatamento. 

Segundo um relatório da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o desmatamento no bioma aumentou 27,2 % entre 2018 e 2019.

AS/efe/abr

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter

Leia mais