Pitadas: Donauwelle, bolo de cerejas, creme e chocolate | Colunas semanais da DW Brasil | DW | 19.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Colunas

Pitadas: Donauwelle, bolo de cerejas, creme e chocolate

Batizado literalmente "onda do Danúbio", quitute apreciado por alemães e austríacos tem como principal característica suas camadas onduladas. Ingredientes lembram os do clássico Floresta Negra.

Pedaço de bolo Donauwelle

Cerejas afundam sobre a massa, dando às camadas do bolo Donauwelle o aspecto ondulado

O Donauwelle, que literalmente significa "onda do Danúbio", é um bolo de tabuleiro bastante popular na Alemanha e na Áustria. Ele é feito de camadas que dão a impressão de formar uma onda.

A primeira delas é de massa branca. A seguir, vem massa com chocolate, coberta de cerejas, creme de baunilha e chocolate amargo. Que combinação deliciosa de texturas e do sabor mais azedinho das cerejas com o doce do chocolate! Lembra o tradicional bolo Floresta Negra.

Ao serem dispostas sobre a massa, as cerejas afundam, criando o efeito de onda nas camadas. Poucos bolos têm um aspecto visual tão interessante quando cortados.

A ligação do quitute com o Danúbio não é clara, talvez se deva a ele ser popular em dois dos países por onde o rio corre. O doce é apreciado sobretudo pela tarde, acompanhado de uma xícara de café.

A maioria das receitas leva pudim de baunilha de caixinha ou pacote, mas se você preferir, pode fazer o creme em casa. Basta peneirar uma gema, adicionar 500 ml de leite, 1,5 colher de sopa de amido de milho, 1 tampinha de essência de baunilha e 5 colheres de sopa de açúcar e levar ao fogo brando. Mexa sempre, até engrossar.

Para fugir das frutas em calda vendidas no supermercado, sugiro comprar cerejas frescas, tirar o caroço e cozinhá-las com um pouco de açúcar.

Aprenda a preparar o Donauwelle:

Ingredientes

500g de manteiga

230 g de açúcar

6 ovos

340 g de farinha de trigo

2 colheres (chá) de fermento em pó

1 pitada de sal

350 g de cerejas em calda (peso drenado)

500 ml de leite

1 caixa ou pacote de pudim de baunilha

200 g de chocolate amargo para cobertura

2 colheres (sopa) de chocolate em pó

Modo de preparo

Preaquecer o forno a 180°C. Bater 250 g manteiga amolecida com 200 g de açúcar. Acrescentar um a um os ovos. Adicionar a farinha, o fermento e uma pitada de sal.

Colocar metade da massa num tabuleiro fundo, untado e enfarinhado. Misturar o restante da massa com o chocolate em pó e espalhar cuidadosamente sobre a massa branca. Distribuir as cerejas sobre a massa. Assar o bolo por 35 a 40 minutos a 180°C.

Para o creme, dissolver o pó de pudim de baunilha no leite. Acrescentar 30 g de açúcar e preparar de acordo com as instruções da embalagem. Por fim, acrescentar os outros 250 g de manteiga amolecida ao pudim, até obter uma consistência homogênea. Deixar o pudim e a massa esfriar. Espalhar o pudim sobre a massa.

Para a cobertura, derreter o chocolate em banho-maria e espalhá-lo sobre o creme. Levar o bolo à geladeira antes de servir.

Toda semana, a coluna Pitadas traz receitas, curiosidades e segredos da culinária europeia, contados por Luisa Frey, jornalista aspirante a mestre-cuca.

Leia mais