Peru declara estado de emergência por poluição ambiental | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 23.05.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Peru declara estado de emergência por poluição ambiental

Níveis nocivos de mercúrio são detectados na região da fronteira com o Brasil. Metal é usado em garimpo ilegal de ouro e pode causar graves danos à saúde. Contaminação afeta ainda rios e fauna da Amazônia peruana.

Garimpo ilegal destrói anualmente 100 mil hectares de floresta na região de Madre de Dios

Garimpo ilegal destrói anualmente 100 mil hectares de floresta na região de Madre de Dios

O presidente peruano, Ollanta Humala, declarou nesta segunda-feira (23/05) estado de emergência em 11 distritos da região amazônica, após níveis elevados de mercúrio terem sido detectados nas águas da região. O metal é usado em garimpos ilegais para extrair ouro. A contaminação de rios e da fauna estaria causando danos à saúde da população.

De acordo com um relatório ambiental, na região de Madre de Dios foi detectada a contaminação de mercúrio, com níveis acima do limite permitido, nas águas dos rios e em espécies marinhas. Vários grupos étnicos apresentaram ainda níveis nocivos do metal do organismo, o que pode causar graves problemas de saúde, inclusive morte.

O relatório afirma que a contaminação foi causada por práticas inadequadas no garimpo clandestino. A região de Madre de Dios, na fronteira com o Brasil e a Bolívia, produz cerca de 20% do ouro extraído no Peru. A maioria é retirada de forma ilegal em floresta e no leito de rios.

Segundo o ministro do Meio Ambiente, Manuel Pulgar-Vidal, 41% da população de Madre de Dios está exposta à poluição do mercúrio. Além de declarar estado de emergência por 60 dias, o governo pretende fornecer peixes aos moradores dos distritos afetados, criar postos de saúde móveis e centros de monitoramento.

Estima-se que o garimpo ilegal despeje cerca de 40 toneladas de mercúrio nos rios amazônicos por ano e destrua mais de 100 mil hectares de floresta na região de Madre de Dios, de acordo com o Ministério peruano do Meio Ambiente. O metal é usado para separar o ouro da rocha.

A mineração é uma atividade chave para a economia do país e representa quase 60% de suas exportações. O Peru é o sétimo produtor mundial de ouro.

CN/rtr/lusa/ap

Leia mais