Partido governista lidera eleições legislativas na Ucrânia | Notícias internacionais e análises | DW | 21.07.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Europa

Partido governista lidera eleições legislativas na Ucrânia

Legenda "Servidor do Povo", do ex-comediante e presidente do país, Volodymyr Zelensky, deve receber mais de 40% dos votos para a formação de nova composição do Parlamento, segundo boca de urna.

Ukraine Wahlen Präsident Zelenskiy (picture-alliance/AP Photo/Z. Shu)

Zelensky assumiu a Presidência em maio e no mesmo dia anunciou a dissolução do Parlamento, abrindo caminho para pleito antecipado

O partido "Servidor do Povo", do novo presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, deve obter quase metade dos votos nas eleições legislativas que ocorreram no país neste domingo (21/07).

As projeções iniciais indicam que o partido deve obter entre 42,7% e 44,4% dos votos para a formação do novo parlamento da Ucrânia. Fundado em 2018, o partido foi batizado com o nome da série cômica de TV que transformou Zelensky em celebridade. No programa, ele interpretava um professor do ensino médio que era catapultado para a posição de presidente da Ucrânia.

Ainda não está claro se o partido de Zelensky ainda precisará formar uma coalizão com uma ou mais legendas para governar. Quase 200 dos 450 assentos do Parlamento da Ucrânia são preenchidos por candidatos eleitos diretamente, enquanto o restante é escolhido através de listas partidárias.

"Nossas principais prioridades - e repito isso para todos os ucranianos - são acabar com a guerra, recuperar nossos prisioneiros e derrotar a corrupção que persiste na Ucrânia", disse Zelensky, após a divulgação das pesquisas de boca de urna.

O Partido Solidariedade Europeia, do ex-presidente Petro Poroshenko, que foi derrotado por Zelensky nas eleições presidenciais de março, deve obter 8,9% dos votos no pleito legislativo, enquanto o partido da ex-primeira-ministra Yulia Tymoshenko, Pátria, deve obter 7,6%.

Já o "Golos", um partido recém-fundado pelo astro de rock Svyatoslav Vakarchuk deve receber 6,3% dos votos. O partido pró-Rússia "Pela Vida" deve obter 11,5%.

Eleito com 73% dos votos e inexperiente na política, Zelensky, de 41 anos, assumiu a presidência da Ucrânia em 20 de maio e no mesmo dia e anunciou a dissolução do Parlamento ucraniano. A dissolução abriu caminho para que o novo chefe de Estado ucraniano convocasse eleições legislativas antecipadas. Também abriu a possibilidade de que seu partido ingressasse no Parlamento antes de outubro - mês em que estavam previstas as próximas eleições. 

JPS/lusa/dpa/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Leia mais