Paris enfrenta pior nível de poluição em uma década | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 08.12.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

França

Paris enfrenta pior nível de poluição em uma década

Organização que monitora qualidade do ar na capital francesa diz ter registrado mais alto nível de poluição invernal dos últimos dez anos. Episódio faz cidade adotar rodízio de veículos, que entrará em seu terceiro dia.

Paris Smog (Getty Images/AFP/F. Fife)

O bairro parisiense de La Défense

Paris atingiu os mais altos níveis de poluição durante o inverno em uma década, informou nesta quarta-feira (07/12) a organização Airparif, que monitora a qualidade do ar na capital francesa.

Para diminuir o tráfego de veículos e, consequentemente, conter a contaminação atmosférica, autoridades anunciaram o uso gratuito do transporte público e determinaram uma limitação da circulação de carros na cidade, de acordo com a terminação da placa.

O aumento da poluição se deve ao tempo frio combinado com a falta de ventos, disse a organização. "Esse é um período recorde [de poluição] nos últimos dez anos", afirmou Karine Leger, da Airparif, à agência de notícias francesa AFP.

Embora considerado alto para os padrões locais, o nível de partículas inaláveis registrado atualmente em Paris representa cerca de 60% do apresentado em Pequim, na China, e apenas uma fração do nível registrado em Nova Déli, na Índia, considerada a capital mais poluída do mundo. Essas partículas inaláveis, conhecidas como PM10, indicam o grau da poluição atmosférica de uma região.

As autoridades anunciaram que estenderão o rodízio de automóveis até esta quinta-feira, quando carros particulares com placas terminadas em números ímpares não poderão circular entre as 05h30 e a meia-noite.

Esta não é a primeira vez que Paris impõe limitações do tráfego para conter os níveis de poluição na cidade. Medidas semelhantes foram adotadas nos anos de 1997, 2014 e 2015. No entanto, a manutenção do rodízio por três dias consecutivos é inédita.

Para fiscalizar o cumprimento das limitações do tráfego, a polícia instalou na terça-feira mais de uma centena de postos de controle, tanto nos acessos à cidade como dentro de Paris. Mais de 1.700 motoristas já foram multados desde então.

IP/afp/efe

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados