1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
SociedadeBrasil

Pandemia agrava crise econômica no Brasil

6 de outubro de 2021

[Vídeo] A pandemia agravou a crise econômica do Brasil, que antes mesmo do aparecimento do coronavírus já vinha registrando seguidos anos de baixo crescimento. Hoje, milhões de brasileiros estão morando na rua e passando fome.

https://www.dw.com/pt-br/pandemia-agrava-crise-econ%C3%B4mica-no-brasil/video-59428802

Terezinha sente os efeitos da crise econômica todos os dias. O aumento na conta de luz lhe tira o sono, e até no mercado mais barato
do seu bairro ela tem que negociar o preço da comida. "Hoje eu gastei 30 reais: metade do carrinho. Antigamente eu gastava 30 reais, e levava o carrinho cheio e ainda sacolas na mão", afirma.

A crise da covid-19 forçou muitos brasileiros a morarem na rua. O custo de vida disparou, e ONGs relatam um aumento enorme
na quantidade de pessoas que não podem comprar comida. "Em abril de 2020, nós tínhamos majoritariamente um público masculino e sozinho. Hoje, em 2021, nós temos uma procura muito grande por famílias: mulheres, mulheres com crianças e casais", conta Priscila da Silva.
Em São Paulo, o preço da eletricidade aumentou 25% em um ano, e o preço dos alimentos, como a carne, aumentou até 40%. "Por um lado, há a inflação que tira o poder de compra. A gente tem as dificuldades do mercado de trabalho, reflexo da pandemia", frisa o economista Guilherme Moreira. "E você tem uma situação política que não apresenta solução para estas famílias. Então nós estamos vendo um momento muito delicado."

O Brasil tem a inflação mais alta em 20 anos. E sem fim da pandemia à vista, as perspectivas econômicas continuam a piorar.