″Nilson Leitão não nos representa″, diz líder indígena | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 30.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

"Nilson Leitão não nos representa", diz líder indígena

Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn) contesta afirmação do presidente da bancada ruralista no Congresso de que índios querem explorar mineração.

Índio da etnia Xavante durante Jogos Mundiais Indígenas em Palmas, Tocantins, em 2015

Índio da etnia Xavante durante Jogos Mundiais Indígenas em Palmas, Tocantins, em 2015

Após a entrevista concedida à DW Brasil pelo deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), que representa 23 etnias na região do alto e médio Rio Negro, numa área de 30 milhões de hectares no noroeste Amazônico, contestou o posicionamento do líder da Frente Parlamentar Agropecuária no Congresso.

Leia mais: Manter a floresta em pé é "custo", diz chefe da bancada ruralista  

Assistir ao vídeo 01:14

"Nilson Leitão não nos representa", diz líder indígena

De São Gabriel da Cachoeira, estado do Amazonas, Marivelton Barroso, presidente da Foirn, pede que os indígenas sejam convocados quando o deputado for tratar da pauta de interesse do grupo. E rebateu: "Nilson Leitão não nos representa". Na entrevista, Leitão afirmou saber o que a maioria dos indígenas querem: plantar soja e liberar as terras indígenas para a exploração de minério.

 

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados