Neve provoca caos em estradas, ferrovias e aeroportos da Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 02.12.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Neve provoca caos em estradas, ferrovias e aeroportos da Alemanha

Fortes nevascas resultaram em cancelamentos de voos, atrasos em diversas linhas de trens e acidentes de trânsito em rodovias da Alemanha. Ao menos quatro pessoas morreram.

default

Tráfego lento na 'autobahn' A4, nas proximidades de Dresden

O inverno antecipado na Europa continua a provocar caos em estradas, ferrovias e aeroportos da Alemanha nesta quinta-feira (2/12). A neve que caiu em quase todo o país durante a noite tornou lento o tráfego em diversas estradas e rodovias e provocou ao menos quatro mortes.

Diversos acidentes de trânsito aconteceram na noite de quarta-feira, apesar de o Serviço Alemão de Meteorologia (DWD) ter emitido alerta para a população devido ao mau tempo previsto para a Saxônia e a Baixa Saxônia, Brandenburgo, a Turíngia e a Baviera.

Os acidentes causaram a morte de ao menos quatro pessoas. Em dois casos, na Baviera e em Schleswig-Holstein, caminhoneiros morreram após a colisão de seus veículos com trens. Na Baixa Saxônia, um motorista morreu no choque de um trem com um veículo usado na limpeza de estrada. A quarta morte foi registrada em Baden-Württemberg.

O problema não se limitou às estradas alemãs. Segundo a Deutsche Bahn, neve nos trilhos, quedas de árvores e linhas danificadas atrapalharam o tráfego ferroviário na Saxônia, na Saxônia-Anhalt, na Turíngia e no norte da Baviera.

Na Saxônia, os trens entre Leipzig e Nurembergue foram cancelados na noite de quarta-feira. Um trem que seguia para Munique precisou interromper seu trajeto em Saafeld. Os 165 passageiros receberam cobertores e alimentos dos bombeiros e das equipes de resgate.

Em Hessen, cerca de 200 passageiros que seguiam em direção ao leste alemão precisaram passar a noite de quarta para quinta-feira na estação central de Frankfurt. Por causa de uma feira na cidade, não havia quartos disponíveis nos hotéis, o que obrigou as pessoas a dormirem nos vagões-leito até a manhã seguinte, quando conseguiram prosseguir viagem.

Atrasos e cancelamentos nos aeroportos

As fortes nevascas também causaram contratempos nos aeroportos. Em Munique ocorreram uma série de atrasos e cancelamentos, assim como em Frankfurt, onde somente na manhã desta quinta-feira 60 voos já haviam sido cancelados, entre pousos e decolagens.

Schneechaos in Europa Flash-Galerie

Principais aeroportos do país registram atrasos e voos cancelados

"O serviço de limpeza está em operação contínua. Mas pode levar horas até toda neve ser retirada das pistas", afirmou um porta-voz da administradora de aeroportos Fraport. Embora poucos passageiros estejam retidos em Frankfurt, foram disponibilizadas 400 camas de acampamento.

Capital também enfrenta problemas

Em Berlim a situação não é diferente. O DWD registrou 20 centímetros de neve em Potsdam. Na região sul de Brandemburgo, a neve acumulada chegou a um metro de altura. Muitas estradas foram bloqueadas e os ônibus escolares não circularam.

Além do intenso trânsito nas estradas que ficaram intransponíveis, Berlim, assim como as demais cidades alemãs, também sofre com voos cancelados. Nos dois aeroportos da capital, aeronaves com destino a Munique, Frankfurt, Paris, Londres e Copenhague foram impedidas de levantar voo.

A previsão é de que as rajadas de vento percam força. Ainda assim os meteorologistas afirmam que haverá muita neve e que as temperaturas continuarão baixas nos próximos dias, chegando aos 15 graus negativos em algumas regiões da Alemanha.

MDA/dpa/dapd/rtr
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados