Número de casos identificados de covid-19 no Brasil passa de 4,5 milhões | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 19.09.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Coronavírus

Número de casos identificados de covid-19 no Brasil passa de 4,5 milhões

País registrou mais 739 mortes nas últimas 24 horas, elevando total para 136.532.

Dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados neste sábado (19/09) apontam que mais 739 mortes por covid-19 foram notificadas no Brasil nas últimas 24 horas.

Com isso, o total de óbitos pela doença oficialmente identificados chegou a 136.532, segundo atualização publicada às 18h (horário de Brasília).

O Brasil ainda registrou oficialmente mais 33.057 casos, elevando o total para 4.528.240.

Diversas autoridades e instituições de saúde em todo o país, no entanto, alertam que os números reais da doença devem ser maiores em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

O Conass não informou o número de recuperados no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados na sexta-feira, 3.789.139 já se recuperaram.

O Brasil é o terceiro país do mundo com maior número de casos de covid-19 oficialmente notificados. Só está atrás dos Estados Unidos e da Índia.

Já a taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes chegou a 65 no Brasil. Em número total de óbitos, o país ocupa a segunda posição no mundo – atrás apenas dos EUA, que acumulam mais de 198 mil mortes.

Já no cálculo levando em conta a população, o Brasil aparece em oitavo lugar – bem à frente de países vizinhos, como a Argentina (28,44) e o Uruguai (1,33). Nos últimos dias, o Brasil ultrapassou o Reino Unido – o país europeu com maior número de mortes.

São Paulo é o estado brasileiro mais atingido pela epidemia, com 931.673 casos e 33.927 mortes. O total de infectados no território paulista supera os registrados em praticamente todos os países do mundo, exceto Estados Unidos (6,74 milhões), Índia (5,3 milhões) e Rússia (1,09 milhão).

A Bahia é o segundo estado brasileiro com maior número de casos, somando 295.210, seguida de Minas Gerais (268.009), Rio de Janeiro (251.261) e Ceará (233.600).

Já em número de mortos, o Rio é o segundo estado com mais vítimas, somando 17.634 óbitos.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, dos EUA, mais de 953 mil pessoas já morreram de covid-19 no mundo. O número de casos identificados passou de 30 milhões em todo o planeta nesta sexta-feira.

JPS/ots

Leia mais