Morre a atriz Jeanne Moreau, ícone do cinema francês | Cultura europeia, dos clássicos da arte a novas tendências | DW | 31.07.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

cinema

Morre a atriz Jeanne Moreau, ícone do cinema francês

Símbolo do feminismo nos anos 1960, atriz trabalhou com diretores renomados, como Truffaut e Godard. Ela atuou em mais de 130 filmes ao longo de seis décadas, colecionando diversos prêmios do cinema internacional.

Atriz Jeanne Moreau em cena de Os amantes (1959), de Louis Malle

Moreau em cena de "Os amantes" (1959), de Louis Malle

Morreu nesta segunda-feira (31/07) a atriz francesa Jeanne Moreau, aos 89 anos, anunciou o gabinete da presidência da França.

Moreau, que colecionou diversos prêmios internacionais, incluindo um Oscar honorário por sua contribuição para o cinema, trabalhou com diretores renomados como François Truffaut, Orson Welles, Wim Wenders, Louis Malle, Michelangelo Antonioni, Jean-Luc Godard, entre outros.

Entre seus filmes mais conhecidos estão Jules e Jim – Uma mulher para dois (1962), Ascensor para o cadafalso (1958) e O diário de uma camareira (1964).

O presidente francês, Emmanuel Macron, exaltou as atuações de Moreau, com papéis que iam desde personagens sensuais a outros em filmes de comédia e gêneros variados, e elogiou seu ativismo político. Moreau "sempre se rebelou contra a ordem estabelecida", disse.

Jeanne Moreau ao lado de Marcello Mastroianni no filme A noite (1961), de Michelangelo Antonioni

Moreau ao lado de Marcello Mastroianni no filme "A noite" (1961), de Michelangelo Antonioni

Moreau nasceu em Paris em 1928 e decidiu se tornar atriz contrariando a vontade de seu pai. Com sua característica voz rouca, ela simbolizou as expressões de liberdade nos anos 1960 e se tornou um ícone feminista, numa época em que o cinema ainda deixava a desejar em relação aos direitos das mulheres.

Além do Oscar, ela colecionou diversos prêmios pelo conjunto de sua obra em festivais como os de Cannes, Berlim e Londres, entre outros. A atriz atuou até os 87 anos de idade, participando em mais de 130 filmes ao longo de seis décadas.

RC/afp/dpa/ap

Leia mais