Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico | Notícias internacionais e análises | DW | 04.08.2020

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia.

Helicóptero militar australiano pousa em praia da ilha de Pikelot, na Micronésia, ao lado de um sinal gigante de SOS

Localizada no arquipélago da Micronésia, a ilha de Pikelot tem apenas 450 metros de comprimento

Três homens foram localizados em uma pequena ilha da Micronésia depois que aeronaves com equipes militares dos Estados Unidos e da Austrália avistaram um sinal gigante de SOS encravado na areia da praia.

Os homens permaneceram por quase três dias na pequena ilha desabitada de Pikelot, uma das centenas que compõem os Estados Federados da Micronésia, país localizado no Oceano Pacífico e ao norte da Austrália e da Papua-Nova Guiné.

O pedido de socorro foi avistado no domingo por aviões militares australianos e americanos, segundo comunicado da Marinha da Austrália.

O trio partiu em 30 de julho de Poluwat, nos Estados Federados da Micronésia, num barco de sete metros. Eles pretendiam viajar 42 quilômetros até o atol de Pulap. No entanto, eles saíram da rota e ficaram sem combustível. Os três tripulantes foram encontrados a cerca de 190 quilômetros de onde tinham partido.

Depois que atracaram na ilha de Pikelot, que tem apenas 450 metros de comprimento, os três tripulantes escreveram o imenso sinal de SOS na areia. O anagrama SOS é um sinal originalmente codificado em Morse utilizado para solicitar auxílio em situações de necessidade de socorro.

Enquanto isso, o centro da Guarda Costeira dos EUA em Guam (um território dos EUA no Pacífico) foi informado do desaparecimento dos três marinheiros e iniciou uma operação de busca. Eles pediram assistência ao HMAS Canberra, um navio de guerra australiano equipado com uma pista para helicópteros, que passava pela área.

Eventualmente, as equipes de resgate americana e australiana avistaram o sinal de SOS na ilha de Pikelot. Um helicóptero australiano pousou na ilha e entregou comida e água aos marinheiros. Os três estavam "em boas condições", segundo comunidade do Ministério da Defesa da Austrália. Autoridades militares australianas disseram ainda que um navio de patrulha da Micronésia estava a caminho para a ilha para resgatar os três homens.

PV/dw/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter