1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Prédios destruídos em Mariupol
Mariupol em meados de abril: em poucas semanas, bombas russas destruíram completamente a cidadeFoto: Sergei Bobylev/ITAR-TASS/IMAGO
ConflitosUcrânia

Mariupol, o contraste entre antes e depois da invasão russa

Greta Hamann
22 de abril de 2022

Fotos de antes e depois da invasão russa na Ucrânia mostram que a cidade portuária de 440 mil habitantes se tornou uma montanha de escombros marcada por destruição e morte.

https://www.dw.com/pt-br/mariupol-o-contraste-entre-antes-e-depois-da-invas%C3%A3o-russa/a-61557658

Porto

Em outubro de 2018, o porto de Mariupol ainda era um lugar para relaxar e passear. A cidade propandeava ter a "água balnear mais quente" de toda a Ucrânia. Acima de tudo, o porto era um fator econômico importante para Mariupol, muitas pessoas trabalhavam em uma empresa que operava o porto. A partir dali eram exportados ferro, aço, grãos e máquinas para o mundo.

Porto de Mariupol
Foto: Ivanov Stanislav/Ukrinform/IMAGO

Dois meses após o início da guerra da Rússia contra a Ucrânia, quase não há mais navios. "Todos os objetos importantes da infraestrutura da cidade, incluindo o porto marítimo e a via navegável, não foram apenas minados, mas também bloqueados por guindastes flutuantes", disse o ministro da Defesa russo, Sergey Shoigu, à agência de notícias Interfax. É assim que o porto de Mariupol está hoje.

Navios destruídos no porto de Mariupol
Foto: Sergei Bobylev/ITAR-TASS/IMAGO

Parque

Nesta foto de 20 de junho de 2019, as árvores estão verdes, as crianças brincam em fontes de água em um parque no centro da cidade. A silhueta de uma igreja pode ser vista em segundo plano.

Praça em Mariupol
Foto: Thomas Imo/photothek/IMAGO

Encontramos a mesma igreja novamente em outras fotos. Esta, por exemplo, foi tirada em 1º de abril de 2022. Difícil crer que o local já tenha sido lugar de lazer.

Mariupol
Foto: Sergei Bobylev/ITAR-TASS/IMAGO

Teatro

O Teatro de Mariupol ganhou triste notoriedade no ataque sangrento contra a Ucrânia pelas tropas russas. Nesta foto tirada em 30 de agosto de 2014, jovens são vistos protestando contra um ataque russo. Já naquela época havia luta e tensão no leste da Ucrânia. Mas o teatro ainda era um lugar de encontro e intercâmbio cultural.

Mariupol
Foto: EST&OST/IMAGO

O teatro foi destruído por um devastador ataque aéreo russo em meados de março. Várias centenas de civis haviam procurado abrigo no local, muitos deles morreram.

Teatro destruído em Mariupol
Foto: Nikolai Trishin/ITAR-TASS/IMAGO

Complexo siderúrgico

A empresa Azovstal opera uma das maiores siderúrgicas da Europa em Mariupol. Aqui eram produzidos principalmente produtos de aço e ferro. Ao lado do porto, a empresa era uma importante empregadora da região. Uma foto de 2017 mostra como era o complexo em funcionamento.

Mariupol
Foto: Musienko Vladislav/Ukrainian News/IMAGO

E esta é uma imagem de 17 de abril de 2022. Ela lembra o set de um filme de guerra, mas é resultado de um bombardeio russo. Soldados ucranianos continuam resistindo ali. O lado ucraniano fala de cerca de mil soldados, o lado russo, de 2 mil. O presidente Vladimir Putin disse que ordenou que o complexo não fosse tomado, mas que a área fosse cercada e sitiada.