Lufthansa cancela 1.300 voos devido a greve | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 06.11.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Alemanha

Lufthansa cancela 1.300 voos devido a greve

Funcionários de cabine da maior empresa aérea alemã iniciam greve de 48 horas nesta quinta-feira, após tribunal aprovar paralisação. Companhia divulga plano especial de voos, e 180 mil passageiros serão afetados.

Silhuetas de pessoas, com caudas de aviões com logomarca da Lufthansa numa pista de aeroporto ao fundo

Maior companhia aérea alemã tentou evitar paralisação de funcionários através de recurso judicial

A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou nesta quarta-feira (06/11) o cancelamento de cerca de 1.300 voos programados para os próximos dois dias, devido a uma greve convocada pelo sindicato alemão que representa os funcionários de cabine.

O sindicato Ufo convocou seus membros para uma greve de 48 horas a partir desta quinta-feira. A medida é parte de uma disputa dos funcionários com a maior empresa aérea da Alemanha sobre remuneração e o status legal do sindicato.

Nesta quarta-feira, um tribunal de Frankfurt rejeitou um recurso da Lufthansa para impedir a greve. A companhia alemã afirmou estar recorrendo da sentença.

A Lufthansa divulgou um esquema especial de voos e disse que os passageiros poderão verificar o status de seus voos no site da empresa.

Na terça-feira, a companhia informou a seus passageiros que eles podem fazer remarcações gratuitas dos voos afetados pela greve ou trocar as passagens por bilhetes de trem, no caso de trajetos dentro da Alemanha.

A Lufthansa afirmou ter capacidade para operar 2.300 dos 3.000 voos previstos para quinta-feira e 2.400 dos planejados para sexta-feira. Cerca de 180 mil passageiros serão afetados pelos cancelamentos.

MD/dpa/ap/afp

________________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube
App | Instagram | Newsletter

Leia mais