Incêndio atinge área de proteção ambiental no Pará | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 16.09.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Brasil

Incêndio atinge área de proteção ambiental no Pará

Chamas se alastram e chegam a área de mata nativa no balneário de Alter do Chão. Após governo paraense anunciar controle, fogo volta a se intensificar. Estado pede ajuda da Força Nacional e apura possível ação criminosa.

Vila de Alter do Chão, na região de Santarém, é um dos locais que mais atrai turistas no Pará

Vila de Alter do Chão, na região de Santarém, é um dos locais que mais atrai turistas no Pará

Um incêndio de grandes proporções se alastrou neste domingo (15/09) para uma área de proteção ambiental em Alter do Chão, na região de Santarém, um dos locais mais visitados por turistas no estado do Pará. Segundo informações das brigadas de incêndio, o fogo começou no sábado e atingiu uma grande área de mata nativa.

As chamas se espalharam pelo balneário de Alter do Chão e atingiram a comunidade de Ponta de Pedras. Testemunhas relataram cenas de terror em postagens nas redes sociais, com centenas de fotos que mostravam uma cortina de fumaça e fuligem no local.

Após o governo do estado afirmar que o fogo estava controlado, as chamas voltaram a se intensificar. Um novo foco de incêndio foi identificado em uma ilha de difícil acesso, próximo a Ponta de Pedras. Os bombeiros continuam as operações de combate ao fogo.

Os agentes tentavam chegar ao fogo por uma estrada que serve de atalho para Alter do Chão e também por água. No local não há redes de telefonia celular, o que prejudica a comunicação e o trabalho das equipes.

No fim da noite de domingo, o governador do Pará, Helder Barbalho, informou no Twitter que conversou com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que por sua vez prometeu acionar o Ministério da Defesa. Barbalho disse ainda que solicitou ao Exército o envio de um avião-pipa para intervir nos locais de difícil acesso.

Também na noite de domingo, o governo paraense pediu ao Comando Militar do Norte o deslocamento de aeronaves e o reforço da Força Nacional. O Corpo de Bombeiros convocou integrantes que estavam de folga para ajudar nos esforços.

O portal oficial do governo afirmou que Barbalho pediu a abertura de um inquérito para apurar as causas do incêndio, uma vez que não estava afastada a hipótese de ter sido uma ação criminosa.

A vila de Alter Chão está localizada a 37 quilômetros por via terrestre de Santarém, e a 1.373 quilômetros de Belém, capital do estado. O balneário é conhecido como Caribe da Amazônia.

RC/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube
App | Instagram | Newsletter

Leia mais