Hollande diz que ameaça permanece dentro e fora da França | Notícias internacionais e análises | DW | 13.01.2015
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Mundo

Hollande diz que ameaça permanece dentro e fora da França

Presidente francês participa de homenagem a policiais mortos em atentados e os condecora com Legião de Honra. Ele afirma que seu país não cederá e se manterá erguido.

O presidente François Hollande participou, nesta terça-feira (13/01), em Paris, da cerimônia em homenagem aos três policiais mortos nos ataques terroristas ocorridos na semana passada na capital francesa.

Hollande os condecorou postumamente com a Legião de Honra, honraria máxima do país. As medalhas foram colocadas sobre caixões cobertos pela bandeira da França. Estavam presentes os familiares e amigos das vítimas e centenas de policiais.

"Eles morreram para que possamos viver em liberdade", afirmou o presidente durante a cerimônia. "Eles cumpriram seus deveres com coragem, bravura e dignidade. Morreram como oficiais de polícia. Toda a França compartilha sua dor", completou o presidente, falando às famílias dos policiais mortos.

Durante a cerimônia na sede da polícia, que contou também com a presença do primeiro-ministro Manuel Valls e do ministro do Interior Bernard Cazeneuve, o presidente declarou que "a França nunca vai ceder e vai se manter erguida". Segundo ele, as ameaças terroristas "ainda permanecem, dentro e fora" do país.

RC/afp/ap

Leia mais