1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Especialistas alertam para riscos de transmissão em caso de grandes eventosFoto: dpa-Report

Gripe aviária pode cancelar a Copa

(as)
22 de fevereiro de 2006

Cada vez mais políticos consideram possível o cancelamento do Mundial de Futebol em caso de uma pandemia do vírus H5N1. Governo alemão considera especulações "um absurdo".

https://p.dw.com/p/81ap

"A Copa será cancelada?" Com essa a manchete o diário sensacionalista Bild, o jornal de maior tiragem da Alemanha, joga nesta quarta-feira (22/02) combustível numa polêmica que se espalha pelo meio político alemão: o cancelamento do Mundial de Futebol em caso de um risco de pandemia do vírus H5N1.

O especialista em agricultura do Partido Liberal (FDP) Hans-Michael Goldmann disse ao Bild que "caso também pessoas adoeçam, não precisamos mais pensar se vamos ou não vamos cancelar a Copa! A hipótese de realizar o Mundial é absurda nesse caso". Goldmann afirmou ainda que "nenhuma pessoa seria maluca a ponto de ir a um estádio" em caso de pandemia.

Para o especialista em agricultura da CDU Franz-Josef Holzenkamp, o cancelamento do torneio também é possível se o vírus ganhar força e se disseminar entre seres humanos. "Se o vírus se tornar tão perigoso assim, os seres humanos estão em primeiro lugar, e não a Copa do Mundo."

Muita coragem

A polêmica começou na terça-feira, numa declaração da presidente da Comissão de Agicultura do Bundestag (câmara baixa do Parlamento), Bärbel Höhn (Partido Verde), ao canal de televisão N24. "Digamos que o vírus está aí e há um grande evento. Nesse caso, eu seria a favor de reconsiderarmos e optarmos pelo cancelamento." Mais tarde, Bärbel disse que esse não é o caso no momento e que ela não se referia à Copa.

Também o coordenador do programa de combate à gripe da Organização Mundial da Saúde, Klaus Stöhr, vê o cancelamento como possível. Segundo ele, caso o vírus possa se transmitir de uma pessoa para outra, "teremos que pensar bem no que fazer. Será necessário alguém com muita coragem para não cancelar a Copa".

Criadores de pânico

O presidente da Comissão de Esportes do Bundestag, Peter Danckert (SPD), classificou as declarações como absurdas. "Isso é um absurdo e não ajuda em nada." Ele disse que não há indícios de que o vírus da gripe aviária seja transmissível entre humanos. Também o secretário parlamentar do Ministério da Agricultura Gerd Müller (CSU) disse que não há perigo de a Copa ser cancelada. "No momento, trata-se apenas de criar pânico", disse Müller.

O ministro da Agricultura, Horst Seehofer (CSU), rejeitou a hipótese de cancelar a Copa do Mundo em caso de pandemia. "Nós não nos deixaremos influenciar por esse palavrório de quem só quer espalhar o pânico", afirmou Seehofer.

Pular a seção Mais sobre este assunto
Pular a seção Conteúdo relacionado