Governo de Cuba facilita viagens ao exterior | Notícias sobre a América Latina e as relações bilaterais | DW | 16.10.2012
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Governo de Cuba facilita viagens ao exterior

Cubanos precisarão apenas do passaporte e do visto do país de destino para viajar e poderão ficar dois anos fora. Autorizações para viagens não serão mais necessárias. Mudança era muito aguardada pela população.

O governo de Cuba anunciou nesta segunda-feira (15/10) a flexibilização das regras para que cidadãos do país possam viajar para o exterior, modificando uma política de imigração que permaneceu intacta por quase meio século.

A partir de 14 de janeiro de 2013, 90 dias após a publicação no jornal oficial do país, os cubanos precisarão apenas do passaporte e do visto do país de destino para viajar para o exterior, como anunciou o Ministério do Exterior em comunicado.

Os cubanos que desejavam viajar para fora do país tinham de pedir uma autorização de saída, conhecida como tarjeta blanca, e apresentar uma carta de convite do país estrangeiro que iriam visitar.

Era proibido permanecer fora de Cuba por mais de 11 meses, sob pena de o cidadão ter seus bens confiscados e ser considerado expatriado. Com a mudança, o período da estadia no exterior é estendido para 24 meses.

A flexibilização da política de imigração local é uma das reformas mais esperadas desde que o presidente Raúl Castro assumiu o lugar de seu irmão Fidel, em fevereiro de 2008.

AFN/rtr/lusa/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais