Furacão Harvey deixa 46 mortos nos EUA | Notícias internacionais e análises | DW | 01.09.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Furacão Harvey deixa 46 mortos nos EUA

Com trabalhos de resgate em andamento, número de mortos pode aumentar. Cerca de 42 mil pessoas continuam desabrigadas. Situação em Houston começa a se normalizar.

Trabalhos de resgate continuam em andamento no Texas

Trabalhos de resgate continuam em andamento no Texas

Pelo menos 46 pessoas morreram nos EUA na passagem do devastador furacão Harvey por Texas e Louisiana, disseram nesta sexta-feira (01/09) as autoridades locais. Com trabalhos de resgate ainda em andamento, esse número pode aumentar.

A tempestade tropical Harvey, que atingiu há uma semana o Texas como um furação de categoria 4 (numa escala em que a categoria máxima é 5), provocou chuvas torrenciais, grandes inundações e desalojou milhares de pessoas somente em Houston, a cidade mais populosa do estado, no sul dos EUA. A tempestade se deslocou depois para o leste e atingiu Louisiana.

Greg Abbott, governador do Texas, advertiu que a reconstrução total "será um projeto que levará vários anos".

Segundo a imprensa local, em Beaumont, cidade de quase 120 mil habitantes perto da fronteira com a Louisiana, a situação continua preocupante, especialmente porque há dias a população está sem água potável.

Segundo a porta-voz da Cruz Vermelha, Suzy DeFrancis, cerca de 42 mil pessoas estão em abrigos temporários. Ela indicou que a organização provavelmente terá que continuar com seus trabalhos de emergência até, pelo menos, o Dia de Ação de Graças, no final de novembro.

Assistir ao vídeo 01:17

Harvey atinge milhões de pessoas nos Estados Unidos

Uma semana após o furacão chegar na região, o prefeito de Houston, Sylvester Turner, afirmou que a cidade está começando a entrar na fase de recuperação.

"Ainda há muitos resgates a serem feitos na região, mas no que diz respeito à cidade de Houston, estamos começando a entrar na fase de recuperação", disse Turner à emissora de televisão americana CNN.

O prefeito indicou que muitos dos esforços de resgate são realizados na área metropolitana da cidade, com as equipes "indo de porta a porta" para garantir que ninguém esteja preso dentro de casa.

O prefeito também disse que a rede elétrica de Houston está se restabelecendo lentamente e que já são menos de 35 mil casas sem eletricidade. O sistema de transporte da cidade e as coletas de lixo também retomaram o serviço.

Apesar de ter evoluído para uma tempestade tropical, o Harvey foi o furação mais forte que chegou nos EUA desde 2005, ano em que o Katrina atingiu Nova Orleans, e o maior a afetar o Texas desde 1961.

De acordo com a Casa Branca, a passagem do furacão Harvey por Texas e Louisiana danificou cerca de 100 mil residências. Estima-se que danos de 42 bilhões de dólares foram causados pela tempestade. Se esse valor for confirmado, a passagem da tempestade ficará entre as cinco mais devastadoras já registradas no país.

CN/efe/lusa

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados