Feira em São Paulo apresenta possibilidades de estudo na Europa | Tudo o que você precisa saber para estudar na Alemanha | DW | 18.11.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Estudar na Alemanha

Feira em São Paulo apresenta possibilidades de estudo na Europa

Entre as 70 instituições europeias que oferecem possibilidades de intercâmbio estudantil, 22 são alemãs, número recorde para um evento acadêmico no Brasil.

default

A Universidade de Münster está representada na feira paulista

Setenta instituições de ensino europeias apresentarão oportunidades de intercâmbio estudantil durante o Euro-Pós 2011, que começa nesta sexta-feira (18/11) e vai até este domingo em São Paulo.

Entre elas, 22 instituições alemãs, número recorde para um evento acadêmico no Brasil, como a Escola Superior de Offenburg e a Universidade de Münster.

Também será possível conhecer oportunidades de estudo em países como França, Holanda, Bélgica, Reino Unido, Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Polônia, Suécia.

Os interessados em se candidatar aos programas de intercâmbio devem estar matriculados nas 18 universidades brasileiras conveniadas, como a USP, a Uerj e a Ufrgs.

Quem já terminou a graduação, independentemente da instituição em que estudou, poderá aproveitar a feira para saber quais universidades brasileiras possuem convênios com o exterior e assim identificar possibilidades de estudo de pós-graduação num país estrangeiro.

Contato com professores estrangeiros

Mexiko Messe Europosgrados 2011

Estudantes poderão se informar nos estades das instituições europeias

De acordo com Thierry Valentin, diretor do CenDoTec (Centro Franco-Brasileiro de Documentação Técnica e Científica), as universidades participantes são representativas da cooperação entre Europa e Brasil.

"Os acordos interinstitucionais podem prever a obtenção de duplos diplomas, certificando a formação em dois ou mais países, ou facilitar o reconhecimento dos créditos obtidos fora do país", afirmou.

Durante a feira, o aluno pode conversar pessoalmente com pessoas que trabalham nas universidades, como professores. "Isso é bem diferente de obter informações na internet ou em folders", afirma o diretor do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) no Brasil, Christian Müller.

"Queremos que, na feira, o aluno interessado possa ter uma ideia melhor de como seria passar um período na Alemanha", conclui.

75 mil bolsas de estudo

Entre as escolas de negócios que confirmaram presença no evento estão instituições classificadas entre os dez melhores masters de management do mundo em 2011 pelo ranking do Financial Times.

Por exemplo, a WHU Otto Beisheim School of Management, instituição privada alemã que possui parcerias com a FGV-SP, a PUC-Rio e a UFRJ-Coppead.

Além das universidades, o CNPq e a Capes, que são agências brasileiras de financiamento do ensino superior e da pesquisa, também participam do Euro-Pós.

Elas poderão informar sobre o Programa Ciência sem Fronteiras, lançado em julho deste ano. O programa prevê em quatro anos a concessão de até 75 mil bolsas de estudo para brasileiros no exterior.

Programação

A abertura será nesta sexta, na Biblioteca Mário de Andrade, com o Simpósio Brasil-Europa. O evento é destinado a reitores, diretores e professores das universidades brasileiras e europeias, além de associações, fóruns e redes de universidades, órgãos de fomento e instâncias governamentais.

Já no sábado e no domingo, no Palácio das Convenções do Anhembi, ocorre o Salão Europeu de Pós-Graduação. No salão, voltado para estudantes, pesquisadores e docentes, os interessados poderão conhecer as oportunidades de estudos em vários países da Europa, diretamente nos estandes das instituições expositoras.

A programação completa pode ser vista no site www.euro-pos.com.br.

Autor: Bárbara Vieira
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais

Links externos

Publicidade