Explosão em arsenal rebelde mata e fere dezenas na Síria | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 12.08.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Oriente Médio

Explosão em arsenal rebelde mata e fere dezenas na Síria

Impacto demole prédio de cinco andares e casas vizinhas em Idlib. Entre mortos estão várias crianças, e há numerosos feridos em estado grave. Nos últimos dias, forças de Assad intensificaram bombardeios contra rebeldes.

Syrien Idlib Explosion eines Waffenlagers (picture-alliance/AA/A. Fetravi)

Detonação em Idlib destruiu também casas vizinhas

Ao menos 39 civis, entre os quais 12 menores de idade, morreram neste domingo (12/08) na explosão que destruiu um prédio na província síria de Idlib, área controlada pelos rebeldes perto da fronteira com a Turquia, afirmou o Observatório Sírio de Direitos Humanos, uma ONG baseada em Londres.

A explosão, cujas causas ainda são desconhecidas, ocorreu na garagem de um edifício residencial na cidade de Sarmada, no norte da província. Aparentemente tratava-se do estoque de munição de um traficante de armas ligado aos rebeldes. O Observatório Sírio advertiu que o número de mortos pode aumentar, pois ainda há vários desaparecidos e feridos em estado grave.

Capacetes Brancos da Síria prosseguem buscando sobreviventes e corpos

Capacetes Brancos da Síria prosseguem buscando sobreviventes e corpos

Em sua maioria, os moradores do prédio foram realocados da província de Homs, no oeste. Majd Khalaf, um dos fundadores da Defesa Civil da Síria (Capacetes Brancos), informou à agência de notícias Efe que o edifício tinha cinco andares e desabou na explosão. Ela foi tão violenta que duas casas vizinhas também desmoronaram.

Os Capacetes Brancos, que só operam em zonas rebeldes do país, divulgaram imagens de seus integrantes retirando destroços com um guindaste e uma escavadeira. No Twitter, informaram ter conseguido resgatar dez vítimas e que a busca por sobreviventes e corpos continuava.

Para a província de Idlib, último refúgio da oposição armada síria, estão sendo enviados combatentes e civis oriundos de outras regiões conquistadas pelas tropas leais ao presidente Bashar al-Assad. Nos últimos dias, as forças governamentais intensificaram os bombardeios contra várias localidades controladas por grupos rebeldes em Idlib e nas províncias vizinhas de Latakia e Aleppo.

AV/efe/afp/dpa

____________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | 
App | Instagram | Newsletter

 

Leia mais