Em vez de Marta, foi a sorte que ajudou o Brasil a vencer a Austrália, diz imprensa alemã | Fique informado sobre tudo o que acontece na Copa do Mundo | DW | 30.06.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Em vez de Marta, foi a sorte que ajudou o Brasil a vencer a Austrália, diz imprensa alemã

No país das favoritas ao título, a imprensa criticou as meninas do Brasil na estreia contra as australianas. Apesar de a equipe ter a melhor jogadora do mundo, Marta não conseguirá ganhar a Copa sozinha, escreve mídia.

default

Goleira Andreia em lance de perigo

As meninas do Brasil têm grandes ambições, mas venceram seu primeiro jogo na Copa de Mundo por sorte. É assim que a imprensa alemã classificou a partida de estreia do Brasil contra a Austrália, realizada nesta quarta-feira (29/06) em Mönchengladbach.

Nesta quinta-feira, a publicação especializada Kicker narrou os melhores lances do jogo e destacou a "Pelé na versão feminina", Marta, que teve todos os olhos sobre si. A partida, diz o veículo, foi marcada por passes errados e pouco perigo na pequena área.

"No geral, o jogo não teve nível elevado e, apesar da garra dos dois times, as equipes tiveram poucas chances de gol", avalia a Kicker.

Show de uma mulher só

Depois da primeira exibição de Marta, a Spiegel online foi dura em sua avaliação: "A vitória apertada sobre a Austrália mostra que o Brasil não conseguirá vencer a Copa só com a estrela Marta e usando uma tática previsível da Idade da Pedra do futebol". As australianas, por outro lado, foram apontadas como "jovens, agressivas e destemidas".

Fora do campo, o barulho das sul-americanas também é citado na reportagem. "Antes da chegada à tenda improvisada no estádio, já podia se ouvir a música claramente. E às 21h03 as mulheres animadas estavam novamente lá, lideradas por Marta, que tocava um triângulo, Elaine com um tamborim, Cristiane e Francielle com tambores. E o resto acompanhava e cantava alto."

Frauenfußball-WM 2011 Brasilien - Australien

Daiane em lance com Elise Kellond-Knight (e) e Kyah Simon

"Seleção"

Também conhecida na Alemanha como "seleção" – em português, assim como o time masculino de futebol –, a equipe feminina é vista pelo Frankfurter Allgemeine Zeitung como uma das favoritas ao título do Mundial de 2011. Sobre a estreia, avalia que "o único ponto alto do jogo foi o gol marcado por Rosana".

O jornal lembra ainda que a seleção feminina ganhou apenas uma partida, contra o Chile, por 3 a 0, antes da Copa. "E pelo fato de o técnico ter feito muito mistério nos últimos dias, a seleção parecia ser um pacote-surpresa – mas que surpreendeu pouco no fim das contas."

O que vem agora

No próximo domingo, o Brasil entra em campo novamente contra a Noruega, na cidade de Wolfsburg. A equipe escandinava também venceu seu primeiro desafio no Mundial, contra a Guiné Equatorial, por 1 a 0.

A frase de Rosana citada pelo Spiegel online é a opinião da imprensa alemã: "Nós precisamos melhorar se quisermos ganhar o título."

Autora: Nadia Pontes
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais