1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Eagles of Death Metal se apresentava no Bataclan quando aconteceu ataqueFoto: Getty Images/AFP/M. Ruszniewski

Eagles of Death Metal se apresenta em Paris

8 de dezembro de 2015

Banda americana retorna à capital francesa três semanas após ataques e sobe ao palco ao lado de U2. Eagles of Death Metal tocava no Bataclan quando três terroristas invadiram o local atirando.

https://www.dw.com/pt-br/eagles-of-death-metal-se-apresenta-em-paris/a-18900942

Quase um mês após os ataques em Paris, a banda americana Eagles of Death Metal retornou nesta segunda-feira (07/12) à capital francesa para terminar o show que foi interrompido pelo atentado terrorista na sala de espetáculos Bataclan, onde morreram 89 pessoas.

Em uma apresentação emocionante, o Eagles of Death Metal subiu ao palco ao lado do U2, que havia cancelando shows programados em Paris nos dias 14 e 15 de novembros, após os ataques terroristas.

"Eles foram roubados de seu palco há três semanas e nós gostaríamos de oferecê-los de volta hoje noite", declarou o vocalista do U2, Bono Vox, abraçando o vocalista do Eagles of Death Metal, Jesse Hughes.

Os ataques em Paris marcaram o show desta segunda-feira. "Precisamos pensar também na família dos terroristas. Sei que isso é difícil agora", disse Bono, acrescentado que elas também foram roubadas e tiveram seus entes queridos levados por "uma ideologia que é uma perversão da bela religião que é o Islã".

Fãs se emocionaram com o show. Para o alemão Adolfo Yunes, a apresentação foi a mais comovente que ele assistiu. "Fui ao Batalacan hoje e foi um dos lugares mais tristes que já viu. Não há nada que se possa dizer, tudo que se pode fazer é estar lá- Eu tinha ingressos para um dos shows cancelados e nunca duvidei de que voltaria", completou.

A parisiense Vera Golloch afirmou que nunca havia ido a um show do U2, mas que fez questão de estar presente no desta segunda-feira. "É histórico e importante", disse.

O ataque no Bataclan foi o pior da série de atentados terroristas em Paris no dia 13 de novembro. A banda Eagles of Death Metal estava na sexta canção quando três terroristas invadiram o local atirando, deixando um saldo final de 89 mortos e dezenas de feridos. O show estava esgotado e 1,5 mil pessoas encontravam-se no clube.

Desde a semana passada, após o anúncio de "convidados especiais", fãs do U2 especulavam que a banda Eagles of Death Metal poderia se apresentar com o grupo em Paris. O show na AccorHotels Arena reuniu 16 mil pessoas e contou também a com participação especial da cantora americana Patti Smith.

CN/afp/ap