Dois times, duas medidas | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 29.05.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Dois times, duas medidas

Wolfsburg impede sua equipe feminina, a mais vitoriosa dos últimos anos no futebol alemão, de celebrar título nacional. O motivo é que os homens estão lutando contra o rebaixamento na Bundesliga.

As jogadoras do Wolfsburg ganharam os dois campeonatos mais importantes da Alemanha, mas não podem comemorar a vitória

As jogadoras ganharam os dois campeonatos mais importantes da Alemanha, mas não podem comemorar a vitória

O Wolfsburg é nesta década o mais bem sucedido time de futebol feminino da Alemanha. Nos últimos seis anos, ganhou quatro campeonatos nacionais, inclusive nesta temporada, e levantou um troféu da Liga dos Campeões.

No sábado (29/05), as "lobas", como são conhecidas, realizaram mais uma façanha ao levar para casa a taça da Copa da Alemanha pelo terceiro ano consecutivo – ou seja, ganhou as duas competições nacionais em disputa em 2017.

Mas em vez de serem recebidas com festa e carreata, como é tradição entre vencedores da Copa da Alemanha masculina, as jogadoras foram proibidas de celebrar seus triunfos até setembro.

Tudo porque, nesta segunda-feira, o time masculino do Wolfsburg vai lutar por sua sobrevivência numa partida de repescagem da Bundesliga contra o Braunschweig. A derrota significa rebaixamento.         

"De fato, já virou tradição as lobas serem recepcionadas na Prefeitura pelo prefeito Klaus Mohrs e então comemorar seus êxitos entre os torcedores", escreveu Tim Schumacher, um dos cartolas do Wolfsburg, em comunicado. "Mas todo o VfL está focado na luta na luta da repescagem... essa é a razão pela qual a festa das jogadoras não vai acontecer até o início da próxima temporada."    

De acordo com o diário Tagespiegel, de Berlim, ainda pode haver outro motivo por trás do adiamento da festa. A matéria sobre a controversa decisão alega que os altos executivos do Wolfsburg estariam na capital alemã assistindo à final da Copa da Alemanha masculina, entre Frankfurt e Dortmund, em vez de prestigiarem a vitória das mulheres sobre o SC Sand, em Colônia. Os dois jogos aconteceram no sábado. 

"A hierarquia do Wolfsburg prefere admirar vestidos justos e dourados e a estrela pop Helene Fischer a acompanhar a partida de futebol de seu próprio clube", escreveu a jornalista Ann-Kathrin Hipp."Nesses momentos fica claro que tudo é uma questão de prioridade."

Leia mais