Dicas de turismo em Stuttgart | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 04.05.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Turismo

Dicas de turismo em Stuttgart

Com mais de mil anos de história, metrópole do sul da Alemanha já foi um haras, a capital de um reino e hoje, além de ser polo da indústria automotiva, atrai cada vez mais turistas com oferta cultural e gastronômica.

Stuttgart

Stuttgart: vista da zona de pedestres na rua Königsstrasse, com a igreja Stiftskirche ao fundo

Quase todas as postagens sobre Stuttgart em guias ou blogs de turismo começam com a observação de que, entre as grandes cidades alemãs, a capital de Baden-Württemberg é mais conhecida por sua indústria automotiva do que por suas atrações turísticas.

No entanto, a metrópole da região da Suábia, localizada em meio a florestas, vem atraindo cada vez mais turistas nos últimos anos. Além dos parques e fontes com água mineral, seus palácios, museus, teatros e galerias fazem de Stuttgart uma cidade cultural vibrante. Sem falar na sua potência econômica: com seus 630 mil habitantes (por volta de 2,7 milhões na área metropolitana), a capital de Baden-Württemberg é hoje um dos maiores centros econômicos da Europa.

Tudo começou com uma estrebaria, há pouco mais de mil anos – o nome da cidade remonta a Stutengarten (literalmente, "jardim das éguas"), estabelecida ali no século 10. Desde então, Stuttgart foi centro do ducado e do reino Württemberg, transformando-se finalmente na capital do estado de Baden-Württemberg, após a Segunda Guerra.

Hoje, a cidade abriga a sede mundial de empresas como Daimler, Porsche e Bosch. A indústria automotiva também atraiu centenas de firmas para a região de Stuttgart e a ela se devem duas importantes atrações da cidade: o Museu da Mercedes-Benz e o Museu da Porsche.

Assistir ao vídeo 02:23

Stuttgart, capital automobilística da Alemanha

Mas Stuttgart não agrada somente aos fãs dos carros. Prédios como o Palácio Novo (Neues Schloss), o Palácio Velho (Altes Schloss), o mercado público Markthalle e o conjunto habitacional Weissenhofsiedlung são um deleite para quem aprecia ediícios históricos e modernistas. Além dos inovadores museus de automóveis, uma visita ao Kunstmuseum e à Staatgalerie vale a pena não somente pela arquitetura, mas principalmente pelos acervos.

Além de centenas de fontes em inúmeras praças, Stuttgart também é repleta de escadarias (Stäffele) que levam às diversas colinas, muitas delas cobertas com vinhedos. A cidade se situa num vale, e, além de oásis verdes, elevações como Höhenpark Killesberg, Karlshöhe e Weissenburgpark oferecem uma vista fantástica sobre a cidade, a Floresta Negra e os Alpes.

Outra vista privilegiada é oferecida pela Torre de Televisão (Fernsehturm). Com uma plataforma de observação situada a 150 metros de altitude, a torre não é somente uma das mais antigas do mundo do seu tipo, mas também uma atração turística que se tornou símbolo da metrópole suábia.

Em termos de gastronomia, Stuttgart também tem muito a oferecer. A região é conhecida por seus vinhos Riesling, Trollinger e Spätburgunder, sua cerveja Hofbräu e Dinkellacker, além de pratos tradicionais como Maultaschen e Spätzle.Você pode saboreá-los num dos muitos Weinstuben (bares de vinho) da cidade ou em festas populares como a Cannstatter Volksfest (Wasen), a "Oktoberfest" de Stuttgart, ou no tradicional festival de vinhos Weindorf.

Melhor época para visitar

Os meses mais quentes, entre maio e setembro, são os mais agradáveis para quem quer flanar pela cidade e passear nas colinas e vinhedos da capital de Baden-Württemberg.

É nessa época também que acontecem diversas festividades pela cidade, como o tradicional festival do vinho Weindorf. Mas é bom lembrar que esse também é o período mais chuvoso. Julho é o mês mais quente, e janeiro, o mais frio.

Outra importante festividade da cidade é a Cannstatter Volksfest, também conhecida como Wasen e que é realizada entre final de setembro e início de outubro, atraindo milhões de visitantes. Na festa, você vai poder se deliciar com a cerveja, o vinho e comidas típicas da região da Suábia.

Para os amantes da neve, uma parada em Stuttgart também pode ser interessante a caminho de uma das muitas estações de esqui nos meses de inverno. E, na época natalina, vale a pena conhecer a tradicional Feira de Natal da capital de Baden-Württemberg.

Onde se hospedar

Como um dos principais polos econômicos da Europa, a capital de Baden-Württemberg é mais conhecida por ser sede mundial de firmas como Daimler ou Bosch do que por seu potencial turístico.

Nos últimos anos, no entanto, isso vem mudando. E cada vez mais hotéis estão sendo construídos na cidade da região da Suábia. Para quem quer visitar Stuttgart, é sempre bom fazer uma reserva, já que muitas vezes os hotéis estão ocupados pelo público de negócios.

Assistir ao vídeo 03:14

O mercado de Natal de Stuttgart

A região do centro (Mitte) é, sem dúvida, a mais interessante para se hospedar. Ali se localizam muitas das atrações turísticas da cidade, como a praça Schlossplatz,o Palácio Novo (Neues Schloss) e o Palácio Velho (Altes Schloss). Além disso, a proximidade com a Hauptbahnhof facilita o deslocamento tanto dentro de Stuttgart quanto para os arredores.

E para quem quer sair à noite, na região central está o teatro Staatstheater com sua tríplice oferta de ópera, balé e teatro. Ali se encontra também a agitada rua Theodor Heuss Strasse.

Pernoitar nas imediações da prefeitura (Rathaus) também é uma boa pedida, pois além de o visitante poder conhecer a pé as atrações turísticas do centro, a área em torno da fonte Hans-im-Glück-Brunnen é considerada o bairro hipster de Stuttgart, atraindo turistas e residentes de manhã à noite.

Bem perto dali, os bairros Heusteigviertel e o Leonhardsviertel, esse último até pouco tempo atrás conhecido por seus bordéis, estão se tornando cada vez mais uma região de bares, clubes e restaurantes.

Próximo a Stuttgart há também pequenas localidades que vale a pena conhecer e em que é possível se hospedar, como Esslingen, idílica cidade medieval a dez quilômetros do centro da capital de Baden-Württemberg.

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados