Dicas de turismo em Düsseldorf | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 26.07.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Turismo

Dicas de turismo em Düsseldorf

Com séculos de história, antigo vilarejo do riacho Düssel é hoje capital do estado mais populoso da Alemanha, um polo de mídia, moda e arte, uma cidade cosmopolita com excelente padrão de vida, sem esquecer o Carnaval.

Deutschland Düsseldorf (picture alliance/blickwinkel/S. Ziese)

Panorama de Düsseldorf, com torre de TV Rheinturm e prédios do Medienhafen

Numa tradicional canção alemã, Düsseldorf é descrita como o "balcão de bar mais longo do mundo". Essa fama boêmia não se deve a nenhum local específico, mas ao fato de o centro histórico (Altstadt) da capital do estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália abrigar, em meio quilômetro quadrado de área, mais de 250 bares, lounges, clubes, cervejarias e restaurantes.

E o centro histórico faz jus ao nome, pois ali também se encontram casas centenárias e edifícios, como a igreja de St. Lambertus, que já existia quando o pequeno vilarejo, situado na desembocadura do riacho Düssel com o Reno, foi elevado à condição de cidade em 1288. E isso após uma vitória sobre a arquirrival Colônia, situada a apenas 45 quilômetros de distância.

Mas enquanto Colônia, a maior cidade da Renânia do Norte-Vestfália, focou a regionalidade, Düsseldorf voltou-se para o mundo, tornando-se uma das mais importantes cidades renanas e um dos principais polos econômicos da Alemanha.

De fins do século 14 até o século 19, a cidade foi capital de ducados e principados. Após as Guerras Napoleônicas, ela passou a sediar o Parlamento da Província do Reno no Reino da Prússia e, com a industrialização da Alemanha, tornou-se uma espécie de sede administrativa do Vale do Ruhr.

A proximidade com a principal região produtora de aço e carvão da Alemanha, com a antiga capital Bonn e também o fato de que muitos edifícios administrativos escaparam dos bombardeios da Segunda Guerra fizeram com que a escolha da nova capital do estado da Renânia do Norte-Vestfália, criado pelas forças de ocupação britânicas em 1946, recaísse sobre Düsseldorf.

Assistir ao vídeo 01:11

Em Düsseldorf, o Reno interage com a cidade

Passados mais de 730 anos de sua criação, o antigo "vilarejo do Düssel" é hoje capital alemã das empresas de propaganda, moda, assessorias de empresa, como também do comércio com obras de arte. Além disso, a metrópole renana é um importante centro financeiro e palco de grandes feiras comerciais.

Düsseldorf é cosmopolita. Os estrangeiros correspondem a quase um quarto dos seus cerca de 650 mil moradores. No índice da comunidade internacional de expats InterNations, a capital do estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália chegou até mesmo a ocupar o quarto lugar, em 2016, entre as melhores cidades do mundo para expatriados viverem.

Situada ao sul do Vale do Ruhr, a cidade faz parte da Região Metropolitana Reno-Ruhr, que engloba mais de 10 milhões de habitantes. Ali também vive a maior colônia japonesa da Alemanha, o que valeu a Düsseldorf o título de "Tóquio no Reno", com um "bairro japonês" ao longo da rua Immermannstrasse, no Stadtmitte (centro).

E é na parte central (Altstadt, Carlstadt e Stadtmitte) onde está a maior parte das atrações, o que facilita muito a vida do turista, além do fato de o aeroporto internacional se encontrar a apenas dez quilômetros do centro. Para os brasileiros, trata-se de uma boa opção como porta de entrada na Alemanha, já que, algumas vezes, os voos de capitais europeias para Düsseldorf são mais baratos do que para Frankfurt.

Deutschland Düsseldorf Stadtansicht Königsallee (Shahriar Sedighi)

Vista do canal da Königsallee, exclusiva avenida de compras e escritórios

Além do centro histórico com sua agitação diurna e noturna, seus monumentos, museus, igrejas barrocas e a exclusiva avenida Königsallee (Kö), a "Champs-Elysées" da cidade também chamada de "Pequena Paris" renana, o calçadão ao longo do Reno (Rheinuferpromenade) é uma atração à parte como ponto de encontro dos moradores de Düsseldorf, principalmente nos meses mais quentes de maio a setembro.

E é ao longo desse calçadão que se encontram muitos dos atrativos da capital da Renânia do Norte-Vestfália: o espaço de exposições NRW-Forum, a mundialmente renomada Academia de Belas-Artes de Düsseldorf (Kunstakademie Düsseldorf), o Museu Marítimo (Schifffartsmuseum),a galeria de arte subterrânea KIT, a Assembleia Legislativa (Landtag) e a torre de TV Rheinturm, símbolo e ponto mais alto da cidade, com bar, longe e restaurante abertos ao público.

No final do calçadão, o transeunte pode admirar a arquitetura inovadora dos prédios do MedienHafen, antiga zona portuária transformada em novo bairro de serviços da metrópole renana. Do outro lado do Reno, o charmoso bairro de Oberkassel é palco da Kirmes, festa que atrai todos os anos milhões de pessoas em meados de julho para as margens do rio.

Além de arte, cultura e moda, Düsseldorf também possui dezenas de instituições de ensino superior, com destaque para a Universidade Heinrich Heine, que leva o nome do filho mais famoso da cidade renana, o poeta alemão Heinrich Heine (1797-1856).

E, não menos importante, a capital da Renânia do Norte-Vestfália possui um dos Carnavais mais animados da Alemanha, com carros alegóricos criativos e satíricos e muitos foliões gritando "Helau" e tomando Altbier, a tradicional cerveja preta da metrópole banhada pelo Reno.

Melhor época para visitar

A capital do estado da Renânia do Norte-Vestfália é uma cidade cosmopolita que pode ser visitada em qualquer época do ano. É claro que nos meses mais quentes, de maio a setembro, as temperaturas permitem mais passeios e atividades ao ar livre.

E é no verão europeu, que acontecem festas como a famosa Kirmes, que atrai milhões de pessoas para as margens do Reno em meados de julho. Mas o inverno também tem suas atrações, como as Feiras de Natal em dezembro ou o famoso Carnaval com seu desfile de carros alegóricos, tradicionalmente em fevereiro ou março.

Com uma temperatura média anual de 10,2°C, Düsseldorf tem um clima relativamente moderado em relação a outras cidades alemãs. Em julho, essa média é de 18,5°C, mas as temperaturas podem chegar facilmente acima dos 30°C nos meses mais quentes. O verão é também a época em que mais chove. Janeiro é o mês mais frio, com média de 1,8°C.

Assistir ao vídeo 04:40

Colônia ou Düsseldorf, quem é a melhor?

Onde se hospedar

Düsseldorf não é uma cidade barata quando se trata de hotéis, principalmente em época de feiras comerciais, os 17 mil leitos da cidade estão geralmente esgotados. Então vale a pena reservar com antecedência e, se não tiver interesse, evite períodos de festas como a Kirmes ou o Carnaval.

A maioria da oferta de hotéis se encontra no centro (Altstadt, Carlstadt e Stadtmitte), como também perto da Estação Central (Hauptbahnhof), onde os preços são mais em conta, embora não se trate de uma área tão agradável quanto a Altstadt e Carlstadt.

A região do MedienHafen também possui alguns bons hotéis modernos, embora sejam um pouco mais caros, por exemplo, que no bairro de Pempelfort, uma zona central e bem servida de opções de hospedagens, ao norte do centro histórico.

Fique de olho nas ofertas de fim de semana. Como Düsseldorf é uma cidade de negócios, muitos hotéis oferecem pacotes e descontos em dias de feriados.

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados