Deutsche Bahn vai ampliar uso de energia oriunda de fonte renovável | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 25.07.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Deutsche Bahn vai ampliar uso de energia oriunda de fonte renovável

A companhia ferroviária alemã Deutsche Bahn fechou contrato de 1,3 bilhão de euros para a compra de energia gerada por hidrelétricas. Empresa terá 28% do seu consumo oriundo de fontes renováveis.

Meta é mover trens só com fontes renováveis

Meta é mover trens só com fontes renováveis em 2050

A companhia ferroviária alemã Deutsche Bahn fechou um acordo de 1,3 bilhão de euros com a empresa de energia RWE para a compra de energia oriunda de hidrelétricas.

"Com essa energia renovável, poderemos futuramente abastecer um terço de todos nossos trens de longa distância", afirmou Rüdiger Grube, presidente da empresa ferroviária nesta segunda-feira (25/07), após a cerimônia de assinatura em Frankfurt. A partir de 2050, a companhia quer movimentar sua frota de trens somente com energia renovável.

A RWE fornecerá anualmente cerca de 900 milhões de quilowatt-hora de energia hidrelétrica à Deutsche Bahn entre 2014 e 2028. Essa eletricidade, oriunda de 14 hidrelétricas existentes nos rios Mosela, Saar, Reno, Ruhr e Rur, corresponde, segundo a empresa ferroviária alemã, a cerca de 8% de toda a eletricidade que a companhia precisa para mover seus trens.

Cota de energia nuclear diminui

Rüdiger Grube, presidente da Deutsche Bahn

Rüdiger Grube, presidente da Deutsche Bahn

Atualmente, a Deutsche Bahn tem 20% de sua eletricidade vindas de fontes renováveis ​​de energia 17% de energia hidrelétrica e o restante, de energia eólica, solar e de biomassa. A maior parte, 49%, ainda vem de usinas de carvão, enquanto a energia nuclear participa com 22%, e 9% da eletricidade têm origem no gás natural.

Segundo Grube, o novo contrato permite que a cota de energias renováveis cresça para 28%, substituindo uma parcela da cota representada pela energia nuclear, a qual ficaria reduzida a 14%.

A Deutsche Bahn tem como meta aumentar a cota de fontes renováveis em sua matriz energética para entre 30% e 35% até 2020. A companhia sonha conseguir que seus veículos sejam movidos exclusivamente por energias renováveis não poluentes a partir de 2050.

A Deutsche Bahn é o maior consumidor de energia da Alemanha, com 10,3 bilhões de quilowatt-hora por ano.

MD/afp/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais