Descobertos três corpos no Mont Blanc | Notícias internacionais e análises | DW | 24.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Descobertos três corpos no Mont Blanc

Restos mortais interligados por cordas são localizados no lado italiano da montanha mais alta da Europa. Estima-se que os montanhistas tenham morrido há mais de uma década.

Mont Blanc

Mont Blanc fica na fronteira entre Itália e França

Três corpos foram descobertos no lado italiano do Mont Blanc, a montanha mais alta da Europa, comunicou a polícia italiana nesta quarta-feira (23/08). Estima-se que os três alpinistas tenham morrido há mais de uma década.

"A geleira está se deslocando constantemente, e podemos afirmar que as mortes ocorreram por volta de 1995", disse um porta-voz do departamento policial de resgate alpino na região de Val d'Aoste, no noroeste da Itália.

De acordo com a imprensa italiana, o alerta foi emitido por um alpinista francês que encontrou os corpos e tirou fotografias. Operações de busca foram acionadas para recuperar os corpos, que estavam interligados por uma corda.

O Mont Blanc, localizado na fronteira noroeste da Itália com a França, já fez várias vítimas. No mês passado, houve uma série de acidentes fatais – alpinistas de França, República Tcheca, Coreia do Sul e Ucrânia morreram ao tentar escalar o pico. As buscas por um montanhista japonês desaparecido foram canceladas na semana passada.

PV/afp

Leia mais