Constança, entre a Suíça e o lago | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 17.03.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Turismo

Constança, entre a Suíça e o lago

O Lago de Constança não é exatamente um oceano, mas pelo menos a maior concentração de água doce da Alemanha. Pela localização no "Mar Suábio" e a proximidade dos Alpes, Constança tem uma história repleta de rupturas.

Vista aérea da cidade de Constança no sul da Alemanha

Vista da cidade de Constança no sul da Alemanha

"Constantia" foi fundada durante o Império Romano. No século 14, a localidade entrou para a liga de cidade suábias, passando para o domínio austríaco no século 16 e sendo submetida ao controle de Baden no século 19. Hoje, a cidade à margem sul do Lago de Constança é o centro cultural e econômico da região.

Entre Constança e a localidade vizinha Kreuzlingen passa a fronteira entre a Alemanha e a Suíça. No cotidiano dos habitantes de ambas as cidades, isso interfere cada vez menos. Nessa região fronteiriça, suíços e alemães dividem linhas de ônibus, centros culturais e esportivos, além de transitarem de um lado a outro para fazer compras.

Deste ponto de vista, a fronteira é praticamente inexistente. Assim como se vêem em Constança inúmeros carros com adesivo da Suíça, veículos com placas alemãs são absolutamente comuns nas ruas de Kreuzlingen.

Lago forma centro da cidade

A identidade de Constança é definida não apenas pela proximidade da Suíça, mas também pela presença marcante do maior lago alemão. O Lago de Constança determina a vida da cidade sobretudo durante o verão. As mesas ao ar livre nos restaurantes e cafés à beira do lago estão sempre lotadas.

Navio na água cheio de passageiros

Navio deixa o porto de Constança e estátua de Imperia

O corso de passantes ao longo da marina se mistura aos grupos de turistas que chegam ao porto de barco. O lago também é importante para os inúmeros moradores das cercanias que vêm trabalhar em Constança, vindos de barco. A base econômica da cidade é garantida pelo turismo e pela universidade.

Para espantar o frio

Os habitantes de Constança têm orgulho de duas tradições: a do carnaval suábio-alemânico (fasnet) e a dos bistrôs de vinho (weinstüble). O auge do carnaval de Constança, em meio ao mais rigoroso inverno, é o desfile animado e colorido de foliões pela cidade. Tradicionalmente, a intenção dessa festa popular era espantar os maus espíritos e anunciar o fim próximo da longa estação de frio.

Os weinstüble são uma invenção de Constança para amantes do vinho apressados. Não se sabe ao certo como surgiu esse tipo de estabelecimento. Fato é que o verdadeiro alemão de Constança gosta de beber o seu viertele, um quarto de litro de vinho, em pé. E por quê? Muitas vezes é a falta de tempo mesmo, mas os comunicativos moradores de Constança também argumentam que, em pé, é mais fácil entrar em contato com várias pessoas ao mesmo tempo.